Até dezembro, famílias passarão a receber o Bolsa Família somado ao Auxílio Emergencial

Durante as cinco primeiras parcelas do Auxílio Emergencial, o Bolsa Família foi suspenso para famílias que o novo auxílio fosse mais vantajoso

Até a sexta-feira da próxima semana, dia 30 de outubro, cerca de 12,4 milhões das mais de 14,27 milhões de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família receberão o benefício de R$ 300 ou R$ 600, somados a primeira parcela da extensão do Auxílio Emergencial.

Durante as cinco primeiras parcelas do Auxílio dado em função da pandemia do novo coronavírus, o benefício do Bolsa Família foi suspenso e todas as famílias elegíveis passaram a receber o Auxílio Emergencial, desde que fosse mais vantajoso para elas.

Neste mês, segundo informações da Dataprev, 1,5 milhão de famílias receberão somente a parcela habitual do Bolsa Família, enquanto 185 mil serão beneficiadas apenas com o Auxílio Emergencial em sua versão original.

Com informações do Brasil 61