Homens mortos em confronto com a PM de Angra dos Reis eram suspeitos de integrar quadrilha de ‘Vidigal’

Os dois supostos traficantes mortos nesta segunda-feira, dia 26, durante troca de tiros com policiais militares, em Angra dos Reis, eram da quadrilha liderada por Willemsen Luiz da Silva, o Vidigal. A informação é da polícia, que disse ainda, que ele está foragido.

O confronto foi no bairro Lambicada, onde os agentes apreenderam munições e entorpecentes. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) do município.

O Disque Denúncia (0300 253 1177) recentemente, dobrou a recompensa por informações, que levem a captura de Vidigal, que também é suspeito de chefiar o tráfico de drogas no bairro Camorim Grande.

O valor passou de R$ 5 mil para R$ 10 mil, e sua foto foi publicada no Portal dos Procurados.

Segundo a polícia, o suspeito seria da comunidade de Vidigal e comandou a invasão neste ano, a comunidade Lambicada, quando bandidos de facção criminosa rival foram expulsos da comunidade.

Vidigal também é suspeito, segundo a polícia, de comandar várias explosões a caixas eletrônicos em Angra dos Reis. Contra ele, há mandados de prisão por roubo e homicídio.

A pessoa que tiver informações sobre criminosos em Angra dos Reis, pode entrar em contato através do Disque Denúncia pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido.

Foto: Divulgação Polícia Civil