Villarreal indeniza mãe agredida por segurança ao entrar no local com filho autista sem máscara em São José dos Campos

Elaine Barbosa com o filho, Miguel Antonio, de 11 anos, que é autista — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Barbosa
Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Barbosa

O grupo responsável pelo supermercado onde uma mãe foi agredida ao tentar entrar com o filho autista sem máscara vai indenizar a mulher pelo episódio no estabelecimento, que fica na zona oeste de São José dos Campos (SP).

Elaine Barbosa contou que foi até o local com o filho de 11 anos para fazer compras e foi questionada por um segurança sobre o uso da máscara pelo menino. De acordo com ela, após uma discussão com o segurança, ele se aproximou e a agrediu.

O grupo Zaragoza, responsável pelo supermercado Villarreal, informou que fez um acordo com a v´tima e que pagará indenização de R$ 2 mil para Elaine.

O grupo ainda concordou em fazer duas doações, uma no valor de R$ 15 mil para a construção da nova sede do Grupo de Apoio ao Indivíduo com Autismo (Gaia) e outra de R$ 10 mil para a Associação Ação Autismo, entidade voltada para o cuidado de crianças e adolescentes com autismo.

Em nota, o grupo ainda informou que vai realizar uma série de palestras para os colaboradores e clientes do Villarreal para divulgar informações sobre as condições do autismo.