Filho é detido por agredir idosa de 90 anos no Pedregulho em Guaratinguetá

Vítima relata ter sofrido empurrões e tapas no rosto; homem é liberado após pagamento de fiança

Homem preso pela Polícia Militar por agredir a própria mãe é solto após pagar fiança (Foto: Reprodução)

Acusado de agredir a própria mãe de 90 anos, um homem de 56 anos foi detido pela Polícia Militar na noite do último domingo (1) em Guaratinguetá. Acamada devido a problemas de saúde, a idosa relatou que esta não é a primeira vez que é atacada pelo filho.

Segundo o boletim de ocorrência, vizinhos acionaram à PM após ouvirem gritos de socorro da proprietária de uma casa no bairro Pedregulho.

Ao chegar no imóvel indicado, os policiais foram recebidos pelo filho da idosa e sua esposa, que negaram que havia ocorrido uma briga na residência.

Desconfiados da postura do homem, que aparentava estar embriagado, os policiais decidiram vistoriar o interior da casa. Ao abrir a porta de um dos quartos, a equipe se deparou com a senhora deitada na cama.

Questionada sobre os gritos relatados pelos seus vizinhos, a idosa revelou que havia pedido socorro, pois seu filho a agrediu com diversos tapas no rosto e empurrões.

A vítima relatou ainda que, além de sofrer de problemas psiquiátricos, o agressor é alcoólatra.

Preso em flagrante por violência doméstica, o criminoso foi encaminhado à Delegacia de Guaratinguetá, mas foi liberado na sequência após sua esposa pagar fiança de R$ 1 mil. O homem responderá em liberdade pelo crime.

A Polícia Civil notificou outros parentes da vítima para que ela seja removida o mais breve possível do local, evitando novas agressões enquanto o caso é avaliado pela Justiça.

Fonte: Jornal Atos