Mãe de irmãos afogados em praia de São Sebastião diz que alertou adolescentes sobre correnteza

Irmãos Guilherme da Silva (esq.), de 12 anos, e Gabriel da Silva, de 15 anos, se afogaram na Praia de Maresias. — Foto: Arquivo Pessoal/Vanessa da Silva
Foto: Arquivo Pessoal/Vanessa da Silva

A mãe dos dois irmãos afogados na Praia de Maresias, em São Sebastião, neste domingo (29) diz que alertou os adolescentes sobre a correnteza e que o afogamento pegou a família de surpresa. O corpo de Guilherme da Silva Alexandre, de 12 anos, foi encontrado poucas horas depois, enquanto os Bombeiros ainda fazem buscas pelo irmão dele, Gabriel da Silva Alexandre, de 15 anos.

Vanessa Aparecida da Silva, mãe dos adolescentes, afirma que estava com os cinco filhos e a família em uma viagem de um dia na cidade. Os adolescentes acompanhavam a avó, de 50 anos, em sua primeira viagem à praia.

Os turistas, que são de Indaiatuba (SP), chegaram em São Sebastião em uma van por volta das 6h em um grupo de cerca de 20 pessoas, todos da mesma família. Eles foram direto para a Praia de Maresias, por ser uma das mais famosas da cidade.

Vanessa disse que os dois filhos entraram no mar acompanhados do cunhado e do primo, também adolescentes.

“Eu pedi que tomassem cuidado e olhava para eles, quando de repente percebi que os meninos estavam com os braços levantados. Logo chegaram pessoas para socorrer, mas meus filhos tinham sido levados”, conta.

O primo e cunhado, que conseguiram ser resgatados com vida, contaram que eles foram atingidos por uma forte onda e arrastados. “Eles disseram que tentaram segurar a mão um do outro e nadar contra a corrente, mas era muito forte e não conseguiram sair”, diz.

Os bombeiros foram acionados e três horas após o início das buscas, por volta das 9h o corpo de Guilherme foi encontrado. Gabriel seguia desaparecido na manhã desta segunda e os bombeiros continuavam com as buscas.

“A gente estava em uma viagem de família, para levar minha mãe para conhecer o mar. Todos os irmãos juntos e essa tragédia aconteceu. Eu estou arrasada”, comentou a mãe. Além dos dois adolescentes, Vanessa tem ainda três filhos.

O corpo de Guilherme está no Instituto Médico Legal (IML) no Litoral Norte de São Paulo. A família informou que aguarda o fim das buscas pelo adolescente de 15 anos.