Preso em Paraty, RJ suspeito de participação na morte de candidato a vereador Valmir Filho do Bibi

O suspeito de participação no assassinato do candidato a vereador, Valmir Tenório, do PT, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Paraty, na Costa Verde do Rio. Adílio dos Santos, de 60 anos, foi localizado em uma praça, do bairro Ilha das Cobras, na quarta-feira (4).

Valmir “Filho do Bibi”, como era conhecido, foi morto a tiros no início da tarde da última quarta-feira, no bairro Parque da Mangueira, onde ele morava com a família.

Ele foi atingido na cabeça e chegou a ser levado para o Hospital Municipal Hugo Miranda, mas não resistiu e morreu durante o atendimento.

Após o crime, os policiais deram início a buscas pela cidade e receberam uma denúncia informando a localização do suspeito. Ele foi levado para a delegacia e vai responder por homicídio qualificado por motivo fútil.

Segundo apurou a Polícia Civil, a vítima teria tido um envolvimento amoroso com a ex-mulher de um dos gerentes do tráfico de drogas do bairro Ilha das Cobras, o que teria motivado o crime.

Os agentes descartaram qualquer motivação política. Outros dois homens envolvidos no homicídio foram indiciados e estão sendo procurados.

Candidato a vereador de Paraty é morto a tiros — Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Valmir tinha 50 anos e trabalhava como barman. Ele nasceu em Paraty e viveu desde sempre no bairro Parque da Mangueira. Era casado e pai de três filhos. Valmir tentava pela segunda vez se eleger vereador de Paraty — a outra foi nas eleições de 2004, sem sucesso.

Em nota, a coligação “Trabalhando o Futuro de Paraty” lamentou profundamente a morte do candidato e classificou o crime como “covarde”.

O PT também divulgou uma nota lamentando “profundamente a morte violenta” de Valmir Tenório.