São José dos Campos anuncia restrições com volta à fase amarela do Plano São Paulo

Felício Ramuth, prefeito de São José dos Campos, e Danilo Stanzani, secretário de saúde — Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth (PSDB), e o secretário de saúde do município, Danilo Stanzani, anunciaram no fim da tarde desta segunda-feira (30) as mudanças nas regras de distanciamento social. As alterações foram feitas após todo o estado regredir à fase amarela do Plano São Paulo.

Em coletiva transmitida via internet, Felício Ramuth e Danilo Stanzani afirmaram que a única atividade que voltará a ser proibida é o esporte de contato, como o futebol em quadras de society. Eventos que geram aglomerações seguem proibidos.

Nas demais atividades, haverá restrições, mas sem a necessidade de interrupção total. Entre elas está a redução da capacidade de lotação dos estabelecimentos. De 60%, permitido na fase verde, passa a ser de 40% na fase amarela. Nas academias de exercícios físicos, a capacidade cai de 40% para 30%.

Os estabelecimentos também podem funcionar somente por dez horas diárias. Na fase verde, era permitido o funcionamento por 12h (veja regras abaixo).

Campanha

No início da coletiva, Felício Ramuth e Danilo Stanzani chamaram atenção para o relaxamento da população no cumprimento das regras de distanciamento e adoção dos protocolos sanitários, como uso de máscara. Ambos destacaram a importância de seguir as recomendações na pandemia.

Para reforçar a conscientização, eles anunciaram que a prefeitura iniciará nos próximos dias uma campanha de conscientização sobre os cuidados e atitudes necessárias para evitar a disseminação do coronavírus. De acordo com Felício Ramuth, a campanha não foi feita antes por causa das regras do período eleitoral.

Regras da fase amarela

Shoppings, galerias e semelhantes

  • Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local
  • Horário reduzido (10 horas)
  • Praças de alimentação (ao ar livre ou em áreas arejadas)
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Comércio

  • Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local
  • Horário reduzido (10 horas)
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Serviços

  • Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local
  • Horário reduzido (10 horas)
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

Consumo local, bares, restaurantes e similares

  • Somente ao ar livre ou em áreas arejadas
  • Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local
  • Horário reduzido (10 horas)
  • Consumo local até 17h
  • Consumo local até as 22h (se a região estiver a ao menos 14 dias seguidos na fase amarela)
  • Adoção dos protocolos padrões e setoriais específicos.

Salões de beleza e barbearias

  • Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local
  • Horário reduzido (10 horas)
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Academias de esportes de todas as modalidades

  • Ocupação máxima limitada a 30% da capacidade do local
  • Horário reduzido (10 horas)
  • Agendamento prévio com hora marcada
  • Permissão apenas de aulas e práticas individuais, mantendo-se as aulas e práticas em grupo suspensas
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

Eventos, convenções e atividades culturais

  • Permitido após a região ficar ao menos 28 dias consecutivos na fase amarela (apenas caso a região tenha avançado das fases laranja ou vermelha).
  • Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local
  • Obrigação de controle de acesso, hora marcada e assentos marcados
  • Venda de ingressos de eventos culturais em bilheterias físicas, desde que respeitados protocolos sanitários e de distanciamento
  • Assentos e filas respeitando distanciamento mínimo
  • Proibição de atividades com público em pé
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Demais atividades que geram aglomeração

  • Não são permitidas