Ambulante é suspenso por não uso de máscara na feira livre de Aparecida

Punição é de uma semana e banca fiará fechada até o próximo domingo

A Secretaria de Indústria e Comércio suspendeu nesse fim de semana um ambulante da feira livre por descumprir a regra do uso obrigatório de máscara facial.

No sábado, após uma ronda dos agentes comunitários de saúde, ficou constatado que um feirante estava sem máscara de proteção. Os agentes avisaram os fiscais do comércio que foram até a banca, solicitaram o uso da proteção e notificaram o ambulante da necessidade do uso de máscara, porém segundo relatos dos fiscais o homem disse que não usaria, além de ofender os servidores.

Já no domingo em nova ronda, o mesmo feirante encontrava-se ainda sem a proteção. Com isso foi multado e a banca fechada, além disso, recebeu uma suspensão de uma semana sem trabalhar, válida até o próximo domingo, dia 20.

Vale lembrar que durante toda esta semana as bancas da feira livre ficarão montadas, como solicitado pelos ambulantes e atendido pela Secretaria de Indústria e Comércio e Prefeitura Municipal, uma vez que não haverá desfile cívico em comemoração ao aniversário da cidade em razão da pandemia. Aparecida comemora no dia 17 de dezembro, 92 anos de emancipação político-administrativa.

“A Secretaria de Indústria e Comércio pede que todos usem a máscara de proteção, respeitando as regras e principalmente se protegendo e protegendo os turistas de uma possível contaminação. Estamos vendo o crescimento de casos em diversos locais, então precisamos tomar muito cuidado até para que as flexibilizações não retrocedam e acabe por novamente impedindo que a feira possa funcionar. O cuidado tem que ser individual, mas pensando sempre no coletivo”, comenta José Fábio Moreira, secretário de Indústria e Comércio.

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa