Antigo prédio do Sesi de Lorena passa por adequação para receber estrutura da escola Conde de Moreira Lima

Mudança é motivada por problemas estruturais; ação beneficia mais de quatrocentos alunos

Parte do prédio “do antigo Sesi” que instalará a escola Conde Moreira Lima; mudanças em andamento (Foto: Reprodução)

Buscando oferecer uma melhor estrutura para o aprendizado de 439 alunos, a Prefeitura de Lorena anunciou na última quarta-feira (9) que a escola municipal Conde de Moreira Lima funcionará partir de 2021 no prédio que abrigava o colégio Sesi. A medida atende uma antiga reivindicação de estudantes e professores que conviviam com o avançado estado de deterioração do antigo prédio.

Considerada uma das mais tradicionais escolas públicas de Lorena, a Conde de Moreira Lima, que fica na região central do município, foi inaugurada em 1918 pelo então governador Altino Arantes.

Devido ao seu projeto arquitetônico clássico, elaborado em 1911 pelo engenheiro Manuel Sabater, o prédio foi tombado em 2010 pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico).

De acordo com a Prefeitura, apesar da importância histórica do tombamento, o ato acabou dificultando a realização de obras de adequação na unidade de Ensino Fundamental, já que qualquer reparo necessitaria do aval da secretaria de Cultura do Estado, através de um longo trâmite burocrático.

Devido a este cenário, há mais de uma década os alunos e educadores eram obrigados a enfrentares diversos problemas estruturais na escola como: buracos nos pisos de madeira das salas de aula e falhas no sistema de encanamento.

O prédio do Conde, que deve ficar a disposição de Ballerini para nova destinação (Foto: Arquivo Atos)

Aproveitando que após a construção neste ano da nova sede do Sesi, orçada em R$ 18 milhões, sua direção devolveu ao Município o imóvel que ocupava desde 1994 na rua Odila Rodrigues, no bairro São Roque, a Prefeitura decidiu transferir as atividades do Conde para este local. “O que motivou a mudança foi a necessidade em oferecer uma melhor estrutura para o atendimento dos alunos do Conde. O prédio antigo necessita de reparos, que devem ser supervisionados pelo Condephaat. O novo espaço conta com instalações totalmente adequadas para a prática do ensino”, destacou o secretário de Educação, Lúcio Mauro Tunice.

Repercussão – Na publicação sobre o tema na página da Prefeitura de Lorena na rede social Facebook, parte dos internautas elogiou a transferência das atividades do Conde e outra parcela demonstrou preocupação com o futuro do prédio que abrigava a escola, que fica na rua Doutor Rodrigues de Azevedo (Rua Principal), no Centro.

De acordo com Tunice, sua equipe detalhará em breve os reparos que necessitam serem realizados no imóvel à equipe de transição de governo do prefeito eleito, Sylvinho Ballerini (PSDB), que a partir de 2021 decidirá a nova utilização do imóvel.

Por Lucas Barbosa | Jornal Atos