Escola para pessoas com deficiência visual de Volta Redonda realiza seminário online

Aulas foram adaptadas para a plataforma ConectEdu (Foto: Evandro Freitas / Divulgação Secom/VR)

A Escola Municipal Especializada Dr. Hilton Rocha, que funciona no bairro Voldac, em Volta Redonda, realiza nesta quinta-feira, dia 03, às 19h, o primeiro seminário online da instituição.

Professores, alunos e ex-alunos da unidade farão parte da mesa e vão abordar o tema “Além da Visão: cuidados, potencialidades, experiências e vivências”. O webnário será transmitido pela plataforma Google Meet, no link https://meet.google.com/awp-cbzt-gpu.

A diretora da escola, Vera Lúcia Ferreira Cruz, explicou que a realização deste seminário é mais uma adaptação do corpo docente da instituição e dos alunos à nova realidade imposta pela pandemia da Covid-19.

“Todos os anos, em agosto, realizamos um encontro voltado para a valorização da pessoa com deficiência visual para os alunos, familiares e a comunidade. Porém, em 2020, com a necessidade de manter o distanciamento social, vamos conseguir fazer esse contato usando a tecnologia”, afirmou.

Ela acrescentou que, das onze pessoas que vão compor a mesa de discussão apenas duas não possuem deficiência visual. “Eu vou fazer a mediação e a professora Sonia Santos de Jesus, que vai dar dicas para usar o PC e o celular sem prejudicar os olhos”, contou a diretora.

Também vão participar Rafael Tiago E. Ferreira, com o tema “Experiências e Vivência”; Bruno M. Guimarães, que vai falar sobre “A Música e as Pessoas com Deficiência”; Raoni C. de Oliveira vai abordar o “Empreendedorismo”; Paulo Sergio Ilídio, falando sobre “O deficiente visual e o mercado de trabalho”; e Eliane Mª O. Espindola, com o tema “Youtuber e AVD (Atividade de Vida Diária)”.

Alessandro Câmara e Igor Máximo Viana são ex-alunos da instituição e vão contar suas próprias experiências e vivências e a importância da escola no desenvolvimento deles. Ainda vão participar as alunas Quézia Moreira, que perdeu a visão há cerca de dois anos, e Anália Vidal, que faz parte do Conselho Comunitário da Escola Hilton Rocha, que também vão abordar o tema “Experiências e Vivência”.

O seminário começa com a paródia “Por uma real inclusão”, feita sobre a música “Por um mundo melhor”, de Cristina Mel, e será encerrado, após espaço para perguntas das pessoas que participam à distância, com a música “Pra quê”, de Sara Bentes.

A secretária de Educação, Rita Andrade, ressalta a importância do trabalho realizado na Escola Municipal Especializada Dr. Hilton Rocha na autonomia das pessoas com deficiência visual, assim como na autoestima e aprendizado. “A realização do seminário virtual reforça esse trabalho, aproximando a realidade destes alunos com a sociedade como um todo, mas, principalmente, mostrando aos familiares e os próprios deficientes que podem melhorar a qualidade de vida com apoio e exercícios”, disse Rita.

A ESCOLA – A Escola Municipal Especializada Dr. Hilton Rocha, na Voldac, atende 50 alunos com deficiência visual (cegueira e baixa visão) encaminhados pela Rede Municipal de Ensino, pela Rede Particular e ainda por demanda da comunidade. A instituição trabalha no contraturno às unidades regulares. O atendimento inclui reabilitação como o uso da muleta e também para promover autonomia como cozinhar, arrumar a casa, por exemplo. Ainda há o apoio pedagógico ao ensino para os estudantes que estão inclusos na rede regular, aulas de educação física para melhorar a orientação e a mobilidade e aula de música.

Em 2020, as aulas foram adaptadas para a plataforma ConectEdu, adotada pela Prefeitura de Volta Redonda em toda Rede Municipal de Ensino e conta com a ajuda dos responsáveis na realização das atividades.