Filha que foi baleada na cabeça pelo pai após discussão em Aparecida continua em estado grave

Um advogado de 75 anos que atirou duas vezes na cabeça da filha de 36 nos, depois de uma discussão em Aparecida no sábado (26) por volta das 23h30, quando ambos discutiam segundo informações ainda não se entregou para a policia.

A vítima que também é advogada está internada em estado grave. Pai e filha estavam na cozinha quando começaram uma discussão e durante a briga, o pai sacou uma arma e atirou duas vezes na direção da filha.

A mulher foi atingida por um disparo na cabeça e outro no pescoço. Vizinhos que ouviram a discussão acionaram o resgate. Após os disparos, o pai deixou o imóvel.

No local a polícia apreendeu a arma usada no crime, além de 13 munições.O caso foi registrado na Polícia Civil como tentativa de homicídio e o autor é procurado pela polícia.

Foto: Divulgação/Polícia Militar