Homem que matou namorada em Guaratinguetá, SP é encontrado morto três dias depois que foi preso

Homem de 48 anos havia sendo preso por matar namorada

Marco Antônio de Oliveira havia sido preso na última terça-feira 8 em Cunha e elevado para Penitenciária 1 de Potim, segundo o boletim de ocorrência agentes penitenciários ao fazer a contagem do setor avistou o corpo de Marco Antônio de Oliveira dependurado na cela onde ficava com outros presos.

Em seguida, o agente acionou o resgate, mas com a chegada de apoio funcional foi verificado pela “ventana” da porta que ele já estava sem os movimentos, sendo constatado sua morte. (suicídio consumado).

Os fatos foram repassados a direção do presídio, no qual tomou as providências cabíveis, acionando a Polícia Cientifica (perícia) de Guaratinguetá.

A morte da jovem Cassia, uma jovem 18 anos que foi morta com 13 facadas ocorreu na noite desta segunda-feira (07/12), pela Rua Joaquim Fagundes, no Alto São João, no bairro Pedreira, em Guaratinguetá.

O principal suspeito desse feminicídio, foi preso pela Polícia Militar na cidade de Cunha na quinta-feira (08). Inclusive, havia confessado o crime.Ele foi apresentado no Distrito Policial de Guaratinguetá, posteriormente encaminhado a Penitenciária I de Potim, onde aguardava julgamento.

Por Alerta Vale do Paraíba