Isael planeja entregar mais de mil câmeras de monitoramento em 2021 em Pindamonhangaba

Ação deve reforçar o combate ao crime na cidade; Centro de Operação Integrada deve ser expandido para quatro unidades

Sala de videomonitoramento de Pinda; cidade anuncia ampliação de câmeras  (Foto: Divulgação)

Com a conclusão de 2020, o prefeito de Pindamonhangaba Isael Domingues (PL) já planeja os próximos passos de seu segundo mandato. Uma reunião do Executivo com os órgãos de segurança pública estabeleceu a estratégia para ampliar a estrutura do setor, com o objetivo de minimizar os crimes na cidade.

A medida faz parte do Programa Cidade Inteligente, uma iniciativa quer atende uma série de atividades na administração pública.

O programa atua sob o conceito Smart City, com uso interativo de energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida, pautado em economia, mobilidade, pessoas, governança, meio ambiente e qualidade de vida.

O secretário adjunto de Administração, Danilo Velloso, está à frente do Programa Cidade Inteligente e agrupou os itens relacionados ao sistema como: rede de dados de alta velocidade, wi-fi nas escolas, wi-fi púbico, semáforos inteligentes, cinturão de segurança, aumento da malha de conectividade, conectividade móvel, desburocratização, segurança da informação, câmeras cidadão, Meu Pet (com informações de todos animais de estimação através de chips), mobilidade, ouvidoria digital, centro de segurança integrado, Inteligência Artificial no monitoramento, educação inteligente, saúde informatizada e humanizada, telemedicina, atendimento eletrônico, totens interativos e câmeras de monitoramento.

O último ganhou destaque ao dar sequencia à estrutura do combate à violência. A Prefeitura apresentou um mapa de pontos de monitoramento. A definição das localidades, que devem ser contempladas até março de 2021, teve sugestão da Polícia Militar e a expectativa é que as instalações sejam concluídas.

Atendimento informatizado e humanizado é aposta do programa (Foto: Reprodução PMP)

A cidade se aproxima da marca de oitocentas câmeras de segurança instaladas e deve chegar a 1,1 mil até o fim de 2021.

Haverá ainda um chamamento público para que as empresas de segurança possam realizar o compartilhamento de imagens, e assim a cidade ultrapassar a expectativa de instalação.

Pinda terá outras ações como implementação de câmeras em todas as praças de wi-fi livre, controle de semáforo inteligente e instalação de câmeras em todos eles, além de ampliação dos COI’s para quatro (sendo um central), cinturão de segurança com câmeras em todas as entradas e saídas, sistema inteligente de reconhecimento de imagens e a integração do CSI (Centro de Segurança Integrado).

Por Bruna Silva | Jornal Atos