Mais uma unidade de saúde sofre tentativa de furto em Aparecida

Novo caso aconteceu na madrugada de domingo, no início do mês um postinho foi furtado

Um dos grandes problemas que as administrações municipais sofrem em todo o país é a falta de respeito de algumas pessoas com os prédios públicos, e por mais que se aumente a segurança com câmeras, seguranças, algumas ações infelizmente ainda acontecem e prejudicam de forma direta a população que precisa dos serviços diariamente.

Prova disso, foram as diversas tentativas de roubos nas unidade de saúde de Aparecida ao longo do ano, e com mais uma neste final de semana no Ambulatório de Saúde da Mulher, onde criminosos tentaram entrar na unidade para levar equipamentos na madrugada de sábado para domingo. Uma das portas ficou danificada.

Por mais que as tentativas de roubo não dêem certo, problemas estruturais são gerados, como quebra de janelas, telhados são afetados, portas são arrombadas. E tudo isso afeta o serviço prestado à população, com recursos tendo que ser revertidos para o conserto desses problemas e serviços deixando de ser prestados até que os reparos sejam realizados.

Problema maior foi enfrentado no CAPS que foi furtado no início deste mês e teve levados pelos criminosos rádio, botijão de gás, ventilador e deixaram local todo bagunçado. Esta é a terceira ação dos criminosos no local. Outro posto que sofreu esse ano foi a ESF do São Roque, que também foi furtada.

Em todos os casos, inclusive deste final de semana no Ambulatório Saúde da Mulher, a Secretaria de Saúde realizou boletim de ocorrência para abertura de investigação dos casos.

“Pedimos a consciência da população de que todos esses prédios são equipamentos públicos, e que o furto prejudica toda a população”, enfatiza a secretária de Saúde de Aparecida, Ana Caroline Sbrana dos Santos.

Por Ascom PMA