Orçamento de São Lourenço, MG para 2021 é aprovado na última sessão ordinária deste mandato legislativo

A Câmara de São Lourenço, em sua última reunião ordinária da 18º Legislatura (2017-2020), realizada nesta segunda-feira (14/12), aprovou a Lei Orçamentária Anual, que define como e onde o dinheiro público do município será gasto em 2021. O texto estimou a receita e fixou a despesa de São Lourenço para o período em R$ 182.626.722. A previsão é o que o recurso seja gasto com saúde, educação, folha de pagamento de servidores, assistência social, esporte, infraestrutura e cultura, entre outras áreas e setores.

O texto foi aprovado com emendas impositivas no valor aproximado de R$ 170 mil cada. De acordo com a Lei Orgânica Municipal de São Lourenço, os vereadores podem definir como será usado 1,2% do orçamento da cidade, sendo que metade deve ser investida em saúde, obrigatoriamente.  Orlando da Silva Gomes (CIDADANIA), que solicitou a conclusão da obra da UBS do Bairro Sonda; Aucioni Rufino de Souza (PSC), que requisitou a quantia para o canil e o esporte; Ricardo de Mattos (PSDB), cujo pedido foi para o Tratamento Fora do Domicílio;  Evaldo José Ambrósio (PROS), para a construção do CAPS II (Centro de Atenção Psicossocial) e Helson de Jesus Salgado (CIDADANIA), também para o esporte e a UBS da Sonda.

Além das impositivas, foi aprovada uma emenda da vereadora Aucioni Rufino, solicitando a transferência de R$ 100 mil da manutenção do sistema de limpeza urbana para o controle e gestão de zoonoses e veterinária. O projeto foi enviado à sanção do Poder Executivo.

Fonte/Foto: Ascom CMSL