Paes e Pedro Paulo falam sobre as finanças do Rio

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), e o futuro secretário municipal de Fazenda, Planejamento e Controladoria, Pedro Paulo (MDB), realizam uma apresentação na manhã desta quarta-feira (2) sobre a situação financeira da cidade.

O deputado federal Pedro Paulo foi chefe da Casa Civil no primeiro governo de Eduardo Paes na Prefeitura do Rio e foi anunciado por ele como parte da nova gestão.

Paes anunciou mais um secretário e outros três subprefeitos.

Mari Peçanha vai ser secretaria de Ação Comunitária. É professora do município e moradora de Rio das Pedras. “É mineira, mas veio cedo para o Rio de Janeiro”, disse Paes. “Eu disse que teríamos um governo antirracista. Eu faço questão de que sejamos um governo proativo nessa questão”, destacou.

Diego Vaz é empresário e vai ser subprefeito da Zona Norte do Rio. Edson Menezes será o subprefeito da Zona Oeste. Trabalhou no primeiro governo de Paes na mesma função.

Leonardo Pavão será subprefeito do Centro. Foi apontado como Paes como uma pessoa com experiência na gestão pública.

“Todos os subprefeitos serão da minha confiança, não indicações políticas”, ressaltou Paes. “São pessoas ligadas a mim, na ponta, articulando vereadores e pressionando a máquina para atender melhor a população”, explicou.

Pedro Paulo, futuro secretário municipal de Fazenda, Planejamento e Controladoria — Foto: Cristina Boeckel/G1
 Foto: Cristina Boeckel

Por Cristina Boeckel