Casos de violência doméstica em Porto Real são atendidos pelo Creas e Secretaria de Ordem Pública

Em Porto Real, no último fim de semana, mais um caso de violência contra a mulher assustou os moradores. No bairro Parque Mariana, uma mulher de 43 anos foi agredida a socos e levou uma facada no pescoço. O agressor foi preso pela polícia militar.

Na cidade, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) oferece assistência que atende as demandas de violações de direitos, inclusive violência doméstica. O órgão está localizado na Rua Anselmo Martins, 142, no bairro Jardim Real e funciona das 8h às 17h. Ele tem uma equipe técnica, segundo a previsão da Política Nacional de Assistência Social, composta por psicólogo, assistente social e advogado. Em caso de necessidade de auxílio e orientações, o telefone do Creas é (24)3353-1492.

Outro órgão que atua nos casos de violência na cidade é a Secretaria de Ordem Pública, que esclareceu atender as chamadas de violência contra a mulher por meio das viaturas da Guarda Civil Municipal. O atendimento das ocorrências é feito 24h e o acionamento é pelo telefone: (24) 3353-1245. A Secretaria ainda informou que um projeto específico para esse tipo de atendimento especializado à mulher está sendo estruturado.

O prefeito Alexandre Serfiotis (PSD) frisou que todo tipo de crime preocupa a administração pública e o feminicídio é um deles. Serfiotis pediu para que os órgãos competentes intensifiquem campanhas contra a violência e destacou a importância de as vítimas denunciarem os agressores e buscarem ajuda nos órgãos especializados.