Estado mantém RMVale na fase amarela do Plano SP

O governo do Estado de São Paulo confirmou nesta sexta-feira (8) que a RMVale irá permanecer na fase amarela do Plano SP.

Em coletiva, o Centro de Contingência anunciou ainda mudanças nas normas de reclassificação, que deve contar com novos critérios (leia mais abaixo).

Em janeiro, o Vale tem a mais alta média de internações diárias de toda a pandemia, com 105 hospitalizados. No total, em sete dias, 734 pessoas foram internadas por Covid-19.

No Estado, foi registrado um aumento de 30% dos casos na primeira semana de 2021, em relação à última do ano anterior.A classificação estabeleceu que as regiões de Marília, Sorocaba, Registro e Presidente Prudente irão para a fase laranja da quarentena.

Anteriormente, todo o estado estava na fase amarela, com exceção de Presidente Prudente, que estava na fase vermelha.FASE.Segundo o governo, o Vale registra 65,1% na ocupação de leitos de UTI para Covid, 16,8% nos leitos de Covid para 100 mil habitantes, além de 298,6 novos casos, 52 novas internações e 3,9 novos óbitos, todos por 100 mil habitantes.

A nova avaliação do Plano SP está prevista para 5 de fevereiro.

MUDANÇAS

Na atualização, o governo destacou a necessidade de um endurecimento na avaliação dos critérios do Plano SP. Para que uma região se enq uadre na fase laranja, por exemplo, o parâmetro da taxa de ocupação da UTI de 75% passa a ser de 70%.

Para a fase verde, em que a região precisava alcançar 40 internações por 100 mil habitantes e cinco mortes por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, agora passa a precisar alcançar 30 internações por 100 mil habitantes e três mortes por 100 mil habitantes no mesmo período.

No caso dos indicadores da evolução da pandemia, passarão a ser utilizados os indicadores de incidência para casos, internações e óbitos, com parâmetros para avançar para fases laranja, amarela e verde.

Com isso, ficou mais difícil uma região avançar para a fase verde, que é menos restritiva e a última antes do chamado ‘novo normal’, a fase azul do Plano SP.

REGRAS DA FASE AMARELA

Todas as atividades em funcionamento;

– Capacidade limitada a 40% de ocupação para todos os setores;

– Funcionamento máximo de estabelecimentos limitado a 10 horas por dia;

– Parques estaduais abertos;

– Restrição de atendimento até às 20h em bares;

– Restrição de atendimento até às 22h em todos os demais estabelecimentos.

Fonte: Ovale

Foto: Governo SP