Proprietário não renova locação de prédio do 2º DP em Boiçucanga em São Sebastião; antigo prédio do PA é apontado como solução

A Delegacia Seccional de São Sebastião corre contra o tempo para encontrar um novo prédio para abrigar o 2º Distrito Policial de Boiçucanga. Isso porque o proprietário do imóvel não tem interesse em renovar a locação, que é paga pela Prefeitura.

O 2º DP, criado há mais de 30 anos, está no prédio localizado na Estrada do Cascalho, 260, há cerca de 12 anos.

A questão é que os herdeiros do imóvel não tem interesse em renovar a locação, que terminou no dia 31 de dezembro.

O delegado seccional de São Sebastião, Múcio Mattos Monteiro de Alvarenga, ressaltou que manteve contato com um dos herdeiros propondo um contrato emergencial de até quatro meses, mas não foi aceito.

Ele explicou que o 2º Distrito Policial atua entre Toque-Toque Grande e Boraceia, por isso o ideal seria permanecer em Boiçucanga, que, geograficamente, seria o centro da região.

A procura vem ocorrendo há cerca de quatro meses e a Prefeitura já foi informada por meio de ofício. Para Múcio Alvarenga, o antigo Pronto Atendimento, localizado na Avenida Walkir Vergani, 1.050, seria a solução mais rápida e eficaz.

“É bem localizado, o que facilita o deslocamento, proporciona uma maior sensação de segurança e não precisa de grandes reformas. Basicamente, uma limpeza e pintura e instalação de aparelhos de ar condicionado e a conexão de dados”, afirmou o delegado seccional.

No último dia 11 de janeiro, foi protocolado um ofício endereçado ao prefeito Felipe Augusto solicitando a cessão ao estado do prédio onde funcionava o PA. No documento, o seccional destaca a urgência para transferir o 2º DP para outro imóvel, “para a continuidade do imprescindível serviço de segurança pública prestado na Costa Sul”.

O Pronto Atendimento foi transferido em novembro para o Hospital da Costa Sul.

O seccional ressaltou a dificuldade para encontrar imóveis com a documentação regularizada na Costa Sul e que tenham características para sediar uma delegacia.

A permanência no atual prédio deve ocorrer pelo menos até o Carnaval, “pois é uma questão de bom senso. Estamos no meio da temporada, numa Operação Verão e com reforço policial. Mas há a necessidade de uma decisão rápida”.

O Radar Litoral entrou em contato com a Prefeitura de São Sebastião e não obteve um retorno até a publicação dessa matéria.

Números

Confira os números do ano passado do 2º Distrito Policial, que aglutina também o 4º DP.

Crimes contra a pessoa – 503

Crimes contra o patrimônio – 736

Crimes de Entorpecentes – 62

Contravencionais – 62

Atos Infracionais – 20

Não criminais – 1.479

Boletins Lavrados2.834
Inquéritos Policiais Instaurados667
Concluídos e encaminhados à Justiça537
Flagrantes lavrados99
Termos Circunstanciados57
Pessoas Presas (flagrante e mandado)166
Homicídios dolosos4 (50% esclarecidos)
Latrocínio1 (esclarecido)
Maconha apreendida26,477 kg
Cocaína10,445 kg
Crack2,841 kg
Outras substâncias230
Armas de fogo apreendidas21
Tráfico e porte de entorpecentes68
BOs recebidos da Deleg. Eletrônica para análise e providências1470

Por Radar Litoral