Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte elege diretoria feminina

Com a presença de cerca de 60 pessoas, o Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN) realizou a 1º reunião ordinária virtual de 2021, na manhã de sexta-feira (26/3), seguindo orientações de enfrentamento da pandemia de COVID-19. O comitê terá uma diretoria feminina neste biênio.

A presidente do CBH-LN é a prefeita de Ubatuba, Flavia Pascoal, representando o poder público municipal, tendo ainda a vice-presidente, Mônica de Toledo e Silva Spegiorin, da APEVE, representante da sociedade civil e a secretária executiva, Jociani Debeni, representando o governo estadual. A indicação de Flavia Pascoal foi definida em reunião entre os prefeitos do Litoral Norte no último dia 23, quando também foram indicados o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, como representante no Conselho Estadual de Saneamento e a recondução do prefeito Aguilar Junior no Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CRH)

Esta é a primeira vez que o comitê de bacias tem uma mulher como presidente, assim como toda sua diretoria. Na ocasião também foram indicados pelas prefeituras e órgãos estaduais da região, os representantes para compor a nova gestão.

Participaram da reunião, além da prefeita de Ubatuba, Flavia Pascoal, o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci e representantes das prefeituras de Caraguatatuba e São Sebastião, secretários de meio ambiente, coordenadores das câmaras técnicas, representantes da sociedade civil organizada e ambientalistas. Na abertura, o secretário executivo, Fábio Luciano Pincinato, trouxe aos presentes as inúmeras realizações da última gestão apesar das dificuldades do último período e a importância dessa frente de integração, discussão pacífica e colaborativa que é o comitê e que se renova a cada biênio. “Fecha-se um ciclo, inicia-se outro. Olho para tudo e desejo para a próxima gestão, uma nova dinâmica e que tenham mais resultados que a anterior”, enfatizou.  

Pedro Rego, vice-presidente e coordenador da Câmara Técnica de Educação Ambiental (CT-EA) do CBH-LN nesta última gestão, falou sobre o colegiado como a maior possibilidade de discussão entre os diferentes setores na gestão territorial, que todos saibam utilizar as ferramentas para melhorar esse cenário na região. “Passamos o bastão para a próxima mesa e todos os membros são bem-vindos, sempre com esse olhar do CBH-LN como instância de discussão e debates para soluções conjuntas”, afirmou.

Após a aprovação por unanimidade e posse da nova diretoria, a presidente Flavia Pascoal ressaltou a importância do cargo. “Temos o sonho de despoluir os rios de toda a região com trabalho efetivo, movimentar esse novo grupo do comitê e fazermos um excelente trabalho, fazermos a diferença, com transparência nas ações e dividir o compromisso com todas as pessoas em relação à preservação da água. Há muito a ser feito. Vamos arregaçar as mangas e trabalhar”, enfatizou.  

“Parabenizo a primeira mulher presidente e a Mônica, vice. “Nós temos a missão em substituir o pessoal antigo, o desafio de manter a qualidade, realizar as funções técnicas, articular esse colegiado, ter a representatividade. O desafio é trazer recursos financeiros para ações na região e acompanhamento dos projetos já aprovados em andamento. Dou as boas-vindas aos novos membros, que sintam-se acolhidos”, disse a secretária executiva, Jociani Debeni, que integrou a secretaria executiva como suplente na gestão anterior.

A vice-presidente Monica de Toledo e Silva Spegiorin agradeceu os ensinamentos nos últimos dois anos como integrante do comitê e ressaltou a oportunidade de estar ao lado de outras mulheres fortes. “Vejo esse biênio com esperança de ampliação da força e desejo de preservação das águas, o feminino necessita cuidar e precisamos de ações responsáveis e responsivas neste momento”. Destacou ainda a importância da valorização dos técnicos, ambientalistas e ativistas, com voz e vez para transformar a realidade, o território. “Acredito em pontes e não em muros”, finalizou.

 Investimentos Fehidro

Em reunião também foi definido o calendário de eventos e ações para avaliação de propostas para investimento do FEHIDRO. O CBH-LN está com inscrições abertas para receber propostas das instituições que visam financiamento do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) 2021. O prazo encerra-se no dia 15 de abril. As propostas serão analisadas e selecionadas por membros das Câmaras Técnicas do colegiado.

Pauta

Além da posse para o próximo biênio, também foram aprovadas na reunião a ata da 2ª Reunião Ordinária da Plenária do CBH-LN, de 27 de novembro de 2020, a deliberação Ad-Referendum CBH-LN nº 208 de 2021, a Minuta de Deliberação CBH-LN nº 209/210 de 2021, o Programa de Comunicação Social do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte – 2021-2024 e estabelecido o regimento interno comum às Câmaras Técnicas do CBH-LN. 

Acesse o site www.cbhln.com.br ou entre em contato pelo e-mail cbhlnorte@gmail.com e saiba mais informações sobre o Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte.

Por Radar Litoral