Conta de luz terá reajuste médio de 6,75%

A Light vai reajustar as tarifas a partir da próxima segunda (dia 15). A concessionária foi autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira (dia 9), a aplicar um reajuste médio de 6,75% nas tarifas. Os consumidores conectados à alta tensão terão aumento de 11,83%.

Para aqueles que utilização a baixa tensão, a alta será de 4,67%. Segundo a área técnica, o reajuste deve-se principalmente ao aumento dos custos de transmissão.

Além da contribuição da conta-covid para amenizar o reajuste, a agência aprovou a utilização de créditos tributários de PIS/Cofins pagos a mais pelos consumidores. Os recursos atenuaram o impacto do reajuste tarifário em -3,46%.

O relator do processo, diretor Sandoval Feitosa, ressaltou que o tema ainda está em análise na agência, mas que a utilização dos créditos tributários já foi aprovada em processos de reajuste tarifário de outras distribuidoras. “Houve por parte da empresa a compreensão do momento difícil para o consumidor pagar suas tarifas em função da crise da pandemia da covid-19”, afirmou o diretor, que também ressaltou o impacto da alta do dólar na energia da Usina de Itaipu.

A distribuidora atende 3,9 milhões de unidades consumidoras na capital do Estado e em outros municípios.