Litoral Norte teme invasão de turistas com antecipação de feriados na capital

Depois da Prefeitura de São Paulo resolver antecipar cinco feriados a partir do fim da próxima semana, prefeitos de cidades litorâneas da região manifestaram preocupação com uma possível ‘invasão’ de turistas no momento mais crítico da pandemia.

Em São Sebastião, o prefeito Felipe Augusto (PSDB) apontou que deve insistir ao governo estadual por um bloqueio nas estradas, além de intensificar a fiscalização.

“Feriado na capital paulista, estrada aberta, todo mundo segue para onde? Litoral. Para quem? Cidade de São Sebastião. Nós já sabemos que quando tem esse megaferiado lota nossas praias”, disse.

Já em Caraguatatuba, a prefeitura disse que a fiscalização em praias está a cargo da PM, que proibiu estacionamentos na orla marítima e que faz a conscientização por caminhões de som, faixas e banners. Ilhabela e Ubatuba não retornaram.

Governador Doria afirma que faltou ‘bom senso’ na decisão de Bruno Covas

Para o governador João Doria (PSDB), faltou ‘bom senso’ da capital e a medida deveria ter sido discutida previamente. “[A decisão] gera dúvidas e preocupações em prefeitos, sobretudo do litoral de SP, litoral norte, baixada santista, em relação ao volume de pessoas que poderiam se dirigir a estas cidades”. Prefeito de SP, Bruno Covas (PSDB) rebateu. “O senso que falta é o senso de urgência”, disse.

Foto: Divulgação/PMC