Mulher desparecida é encontrada morta em Pindamonhangaba

Joana Aparecida havia saído sozinha do Pronto Socorro no último mês e não foi mais vista; apesar do estado avançado de composição, família confirmou a identificação

Imagem de câmera residencial flagra movimentação de Joana, que desapareceu há um mês; corpo é encontrado (Foto: Divulgação PM)

O corpo de uma mulher de 58 anos foi encontrado, no fim da tarde da última quarta-feira (17), na região do Ribeirão do Curtume. Ela estava desaparecida desde o dia 18 de fevereiro, quando saiu sozinha do Pronto Socorro enquanto deveria estar em atendimento médico.

Os trabalhos de busca do Corpo de Bombeiros de Pindamonhangaba chegaram ao corpo da vítima, por volta das 17h.

O cadáver de Joana Aparecida dos Santos foi encontrado em estado acelerado de decomposição. A ocorrência também contou com a participação de policiamento e perícia técnica.

De acordo com relatos de familiares, há um mês, Joana foi levada até o Pronto Socorro Municipal para ser atendida, devido a ferimentos no pulso. Sua irmã, que a acompanhava, saiu para buscar pertencentes necessários e, ao retornar, recebeu a notícia que ela não estava mais na unidade de saúde.

Conforme vídeo captado por câmara de segurança de uma residência, ela foi vista próximo ao Cemitério Municipal, sem sapatos, de bermuda e com ferimentos nos pulsos.

Os familiares confirmaram, por meio de rede social, a morte da vítima, “É com pesar que informo sobre o falecimento da minha querida irmã Joana, a minha Joaninha, foi encontrada ontem pelos Bombeiros nas águas do Rio curtume em direção ao Paraíba, enroscado em galhos, sujeiras, em avançado estado de decomposição”, relatou a irmã.

Por Bruna Silva | Jornal Atos