Prefeito de Itamonte diz que pacientes estão há 24 horas sem vaga em UTI: ‘Casos se instalando’

O prefeito de Itamonte, Alexandre Filadelfo (MG), revelou que pacientes com Covid-19 estão há 24 horas sem conseguir vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O chefe da administração municipal fez o alerta pelas redes sociais da prefeitura na tarde desta quinta-feira (25).

“O casos está se instalando e não é por operação do hospital, ele chegou ao seu limite. Estamos com doentes há mais de 24 horas sem conseguir transferir para UTI, intubados pela quinta noite. Só nos resta a arma do isolamento”, falou.

“O hospital está completamente cheio, doentes graves e doentes graves que não estão conseguindo ser transferidos para UTIs ou para centros com mais recursos”, completou.

Em São Lourenço, referência para Itanhandu, a ocupação da UTI para Covid-19 está em 100%, conforme boletim divulgado nesta quinta. Outros centros como Varginha e Pouso Alegre, mais distantes do município, também possuem lotação máxima. O prefeito alertou para o aumento no número de casos na cidade e pediu que a população evite aglomerações.

“Nossos índices ainda estão altíssimos, se Deus quiser vamos melhorar. Nesse momento a situação é muito alarmante. Pedimos a colaboração e participação intensa das pessoas e do comércio, o momento é de total cautela. Evite aglomeração de toda natureza. A situação é muito grave”, falou.

Covid-19 em Itamonte

De acordo com boletim divulgado pela prefeitura, Itamonte contabiliza 1.060 casos confirmados de Covid-19, sendo 20 mortes em decorrência da doença.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Itamonte