Prefeito de Magé, RJ pede desculpas e exonera funcionários de cemitério após filhos enterrarem corpo da própria mãe

Após as imagens de quatro irmãos viralizarem ao enterrar o corpo da própria mãe no Cemitério Municipal II de Vila Esperança, em Magé, na Baixada Fluminense, por falta de coveiros, o prefeito da cidade afirmou que exonerou todos os funcionários.

“Já adotei as medidas cabíveis e exonerei todos os funcionários do cemitério da Vila Esperança, pois não compactuo com este tipo de atitude. O que aconteceu hoje não pode e não vai se repetir. Eu quero aqui, na posição de prefeito, me desculpar e me solidarizar com todos os familiares da vítima”, disse Renato Cozzolino.

O vídeo com a cena dos irmãos cavando a cova da mãe circulou pelas redes sociais nesta quinta-feira (18). Na gravação, uma das filhas da mulher cobrou as autoridades do município.

“Venho informar aqui a pouca vergonha que aqui em Magé, no Cemitério II da Vila Esperança. Esta aqui que está no caixão é nossa mãe. Não tem um coveiro aqui para enterrar. Quem está enterrando são os quatro filhos. E não tem um coveiro. Pelo amor de Deus. Minha mãe está sendo tratada pior que um cachorro. Isso é muito triste”, disse ela.

Segundo um comunicado divulgado pela Prefeitura de Magé, o diretor do cemitério havia liberado todos os coveiros da unidade juntos na hora do almoço. Ainda de acordo com a nota, o diretor e a equipe foram exonerados por causa disso.