Programa “Encontro DX” comemora 35 anos na Rádio Aparecida

E no aniversário da emissora, direção lança novidade para os dexistas

No ano em que a Rádio Aparecida comemora o seu 70º aniversário, em setembro, um dos clássicos programas da emissora irá completar 35 anos no ar, no mês de novembro. Além disso, “Encontro DX” é o mais antigo programa dedicado ao dexismo no idioma português, apresentado por Cassiano Macedo e veiculado aos sábados, às 19h.

Para marcar as duas datas comemorativas, a Rádio Aparecida está lançando o cartão QSL digital, que será enviado nesse período aos dexistas que conseguirem, à longa distância, sintonizarem a Rádio Aparecida. A prática de sintonizar emissoras e receber o cartão de confirmação já é muito comum entre os apaixonados por rádios.

GettyImages

“O dexista é aquele que tem como hobby sintonizar e identificar as diferentes estações que estão disponíveis no dial, mas com um detalhe: emissoras que estão distantes do local da recepção e, em geral, com potência de transmissão baixa. (…). Em geral, o dexista se especializa nas Ondas Curtas. (…). O QSL seria como um troféu. Se uma pessoa lá na Rússia ouvir a R.A. pelas Ondas Curtas, ele não vê a hora que enviemos o cartão confirmando a sintonia. O QSL é um antigo código internacional usado até hoje nas comunicações e, no caso específico, significa que o contato foi confirmado”, afirma Cassiano Macedo.

Dos inícios da veiculação do programa “Encontro DX”, em 1986, até o momento mudanças significativas são percebidas pelos dexistas, entre elas, as atuais dificuldades de sintonia: “Na década de 1980 era mais fácil, sim, ouvir Ondas Curtas e praticar o dexismo. Hoje em dia existe uma grande quantidade de interferências eletromagnéticas, mas são muitas mesmo: cercas elétricas, torres de celular, lâmpadas modernas (…). Eu ouvia a extinta Rádio Berlim Internacional, no meu carro, em Ondas Curtas, agora isso é praticamente impossível”, comenta Cassiano.

A passagem do tempo também fez com que os dexistas mudassem a maneira de se comunicar com as emissoras solicitando o cartão QSL. “As pessoas mandam muito mais e-mails, sem contar alguns que enviam (a comunicação) direto para o meu WhatsApp. Além disso, nesse momento está havendo um embargo nas cartas por causa da pandemia; poucos países aceitam cartas do Brasil e vice-versa. Um exemplo que tenho anotado: entre março e abril de 1998 recebemos 28 cartas, isso quando o programa tinha 30 minutos de duração, agora são 50 minutos”, diz o apresentador.

O “Encontro DX” segue resistindo às transformações na comunicação, no decorrer das décadas, sendo transmitido semanalmente pela Rádio Aparecida, que, por sua vez, valoriza dentro da sua história a contribuição dada por todos os dexistas que realizam o programa. “Encontro DX é o programa de rádio que fala do rádio e fazemos questão de mantê-lo em nossa grade por sua proposta muito válida para os nossos dias. Decidimos criar o cartão QSL digital comemorativo e assim reforçamos a nossa parceria”, afirma o diretor da Rádio Aparecida, padre Inácio Medeiros.
 

Padre Inácio Medeiros, diretor da Rádio Aparecida 

Inicialmente produzido para o grupo de dexistas e radioescutas, “Encontro DX”, hoje, oferece um conteúdo amplo aos seus ouvintes sobre o mundo do rádio, com notícias sobre novas emissoras, entrevistas com comunicadores, DRM (Digital Radio Mondiale), entre outros assuntos. Para fazer contatos com o apresentador, Cassiano Macedo, envie um e-mail: encontrodx@gmail.com.

Cassiano Macedo, apresentador do programa “Encontro DX”

Ouça o programa sintonizando as Ondas Curtas da Rádio Aparecida, acessando o portal a12.com/radio ou baixando o aplicativo “Aparecida”. 

Por Ascom