Queda de estrutura de concreto em túnel assusta trabalhadores na Tamoios; QG diz que operação obedece técnicas de engenharia

A queda de uma estrutura de concreto no interior de um túnel de serviço no km 77, na obra de duplicação da Rodovia dos Tamoios, assustou trabalhadores na última quarta-feira (24/3). Eles temem risco à própria segurança. O Radar Litoral recebeu imagens do túnel cheio de pedras. 

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Concessionária Tamoios. Em nota, a Construtora Queiroz Galvão – responsável pela obra – informou que “o desplacamento ocorrido ontem no túnel TS4 CAR foi um evento totalmente compatível com a geologia do trecho e que está dentro das  possibilidades de ocorrências na região escavada”. 

Ainda na nota oficial, a Queiroz Galvão apontou que “o planejamento desse tipo de operação obedece técnicas de engenharia, controle  e contingenciamento adequados, o que garantiu a integridade física dos colaboradores”.

Duplicação do trecho de serra

Em matéria publicada pelo Radar Litoral no dia 17 de fevereiro, a Concessionária Tamoios informou que a obra já está 87% concluída.  Na ocasião, a Queiroz Galvão citou que 1.204 dias sem acidentes.

O novo trecho de serra da Tamoios contará com 22 kms de túneis e viadutos que funcionarão como pista de subida, enquanto a serra existente será operada como pista de descida. A previsão é de que as obras sejam concluídas em fevereiro de 2022.