Temporada virtual do espetáculo “Os Descartáveis” aborda colpso social e relações de poder

O grupo Teatro D´Aldeia realiza de 25 de março a 04 de abril a temporada online do espetáculo “Os Descartáveis”. Com direção geral de Cleiton Pereira e assinatura musical do maestro Rafael Braga, o trabalho propõe um jogo sádico entre opressor e oprimido a partir de diferentes contextos. As exibições serão gratuitas em formato streaming pela plataforma youtube e não ficarão disponíveis após temporada.

No momento em que o mundo discute a desigualdade social com o agravante colapso na saúde e na economia, “Os Descartaveis” traz a cena personagens que esteticamente criam um “Circo de Horrores” tecendo relações de poder, entre burguês e proletário, e entre homem e mulher. Num tom de teatro denúncia a obra apresenta diversas composições musicais e propõe uma reflexão sobre o radicalismo e o sofrimento humano como principal atrativo na disputa entre poderes.

O trabalho nasceu a partir do projeto “Rashomon” – contemplado pelo Fundo Municipal de Cultura de São José em 2020 e foi concebido no início da pandemia. A obra apoia-se numa linguagem realista, “épica brechtiana” e tem classificação para 16 anos. O projeto foi contemplado pelo Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura e Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

O grupo: Formado atualmente por Adriana Marques, Ana Cristina Freitas e Wallace Puosso, o Teatro D´Aldeia é sediado em São José dos Campos e vem de longa data desenvolvendo trabalhos artísticos que nascem da inquietação e desejo de seus integrantes.

TEMPORADA VIRTUAL

Datas: 25 a 28 de março e 01 a 04 de abril – (Quinta a sábado – 21h aos domingos 20h30)

Indicação: maiores de 16 anos (contém cenas de nudez)

Exibições: Youtube Teatro D’Aldeia – www.teatrodaldeia.com.br

Assessoria de Imprensa: Ricardo Salem (12) 98246-9864

Produção: Ana Cristina Freitas (12) 98841 6646

FICHA TÉCNICA

Elenco: Adriana Marques, Ana Cristina Freitas, Miguel Safe, Wallace Puosso e Rafael Braga; Roteiro Dramatúrgico: Cleiton Pereira; Direção Musical: Rafael Braga; Cenário: Vander Palma; Figurinos: Ana Cristina Freitas; Provocação Gestual: Adriana Marques; Iluminação: Matheus Borges; Design Gráfico: Wallace Puosso; Fotos: Renato David Oliveira; Captação e Edição de Imagens: Estúdio Oversonic; Tradução em Libras: Marta Filomena de Paiva; Produção: Teatro D’Aldeia; Direção Geral: Cleiton Pereira

Por Ricardo Salem