TRE adia eleição suplementar em Itatiaia, RJ por conta da pandemia da Covid-19

O Tribunal Regional Eleitoral do RJ decidiu nesta quinta-feira (25) adiar a eleição suplementar em Itatiaia (RJ), que aconteceria no dia 11 de abril. O motivo da decisão foi a pandemia da Covid-19. A votação também foi adiada no município de Santa Maria Madalena (RJ).

A proposta foi apresentada pelo presidente do TRE, o desembargador Cláudio Dell’Orto, após constatar a difícil situação vivida no Estado do Rio e nas cidades que receberiam as eleições.

A suspensão do processo eleitoral foi decidida por unanimidade. Durante a sessão, não foi definida uma nova data para eleição.

Segundo o TRE, as campanhas dos candidatos registrados estão canceladas. Quando houver nova data para as eleições suplementares, o processo eleitoral terá que ser reiniciado desde o início, inclusive com a realização de novas convenções partidárias para indicação de candidatos.

Caberá ao Colegiado do Tribunal aprovar uma outra resolução com um novo calendário para as eleições nos municípios, o que ainda não tem data prevista para acontecer.

Entenda a situação em Itatiaia

Em janeiro, o presidente da Câmara Municipal, Imberê Moreira Alves, assumiu provisoriamente a cadeira de prefeito e permanecerá no cargo até a diplomação do novo eleito.

A necessidade de nova eleição se deu após decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que indeferiu o registro de Eduardo Guedes, o Dudu, do PSC. O candidato venceu a eleição de 2020 com 44,37% dos votos válidos.

No entanto, o TSE entendeu que a reeleição em 2020 configurou um terceiro mandato consecutivo. Isso porque Dudu havia assumido a prefeitura de forma interina antes da primeira vitória nas urnas.