Servidor em Caraguá é condenado por receber benefícios em nome da mãe falecida e terá que devolver R$ 51 mil

Um servidor público de Caraguatatuba foi condenado por improbidade administrativa após embolsar irregularmente o benefício previdenciário da Caraguaprev em nome da mãe, já falecida.

O réu recebeu pena de ressarcir integralmente o dano causado ao Instituto de Previdência de Caraguatatuba, perda dos bens e valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio; pagamento de multa civil, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público por cinco anos.

De acordo com o promotor Renato Queiroz de Lima, na denúncia, o réu deixou de informar o Caraguaprev quanto ao óbito da mãe, recebendo de maneira fraudulenta o total de R$ 51.817,36.

A situação só foi desvendada quando funcionários do Caraguaprev souberam da morte da beneficiária e entraram em contato com parentes.