Veja restrições adotadas por cidades do Litoral Norte após São Paulo antecipar feriados

As cidades do Litoral Norte de São Paulo adotaram uma série de restrições para desestimular o turismo durante o feriado antecipado na capital paulista em meio à pandemia de Covid-19. As medidas seguem desta sexta (26) até 4 de abril.

Ilhabela exige teste negativo de Covid-19 dos turistas logo no embarque na balsa. São Sebastião também cobra o teste de Covid-19 na rede hoteleira. Além disso, faz barreira com testagem em massa dos turistas – quem testar positivo vai ser orientado a manter isolamento e voltar para casa.

Caraguatatuba proibiu a locação temporária de casas de 27 de março até o dia 4 de abril. Neste período, os comércios essenciais só podem funcionar até às 20h, e somente uma pessoa da família pode entrar por vez no estabelecimento. Já Ubatuba anunciou um rodízio de veículos.

Todas as cidades estão seguindo as regras da fase emergencial e estão com as praias fechadas.

Veja abaixo as regras por cidade:

São Sebastião

A segue a fase emergencial do Plano SP, mas a prefeitura adaptou regras da fase emergencial e incluiu salões de beleza, barbearias e lojas de construção entre atividades essenciais – o que contraria o Plano SP.

A cidade faz barreiras sanitárias com aplicação do testes para a Covid-19. Os turistas são parados e testados com o modelo sorológico – o teste rápido de sangue. A administração informou que iria impedir acesso de turistas com Covid-19, mas na prática pessoas com o vírus são orientadas a retornarem para suas cidades e permanecerem em isolamento.

A gestão tem usado testes rápidos na ação, o que não é o ideal, segundo especialistas. Infectologistas afirmam que o teste rápido serve para inquérito sorológico e não diagnóstico.

Barreira sanitária em São Sebastião — Foto: Elton Ramos/Prefeitura de São Sebastião
Foto: Elton Ramos/Prefeitura de São Sebastião

A cidade também proibiu o uso de piscinas, churrasqueiras, parques infantis e áreas de lazer em condomínios residenciais. O descumprimento da medida prevê multa de R$ 145 a R$ 14,5 mil para quem for flagrado.

Na rede hoteleira, os hóspedes devem apresentar um teste negativo do tipo RT-PCR realizado até 48 horas antes da visita à cidade.

As praias em São Sebastião estão fechadas e sendo fiscalizadas pela guarda municipal. No último fim de semana, a prefeitura fez a fiscalização com tratores e veículos na faixa de areia e flagrou cerca de 190 turistas na faixa de areia.

Ilhabela

Turistas vão ter que apresentar teste negativo de Covid-19 para poder ficar no município de 26 de março a 4 de abril. O teste deverá ser feito com no máximo 48 horas de antecedência do embarque para a ilha.

Ilhabela também cumpre a determinação do Estado para proibir o acesso às praias. Estão proibidas reunião, concentração ou permanência de pessoas nos espaços públicos, em especial, nas praias e parques.

Cidades do Litoral Norte adotam restrições para frear turismo; confira regras — Foto: João Mota/TV Vanguarda
Foto: João Mota

Também é proibida a instalação de mesas, cadeiras, guarda-sóis, tendas, esteiras, coolers, caixa de som, caixa de isopor e/ou outros objetos que estimulem aglomeração em praias. Só são permitidas as atividades físicas ao ar livre de forma individual.

A cidade segue em fase vermelha, com comércios e praias fechadas. A cidade não anunciou nenhuma nova medida de restrição até a publicação desta reportagem.

Caraguatatuba

Na cidade fica proibido:

  • locação temporária de casas de 27 de março até o dia 4 de abril
  • comércios essenciais só podem funcionar até às 20h, e somente uma pessoa da família pode entrar por vez no estabelecimento
  • Fica proibida a abertura de salões de jogos, academias, piscinas, áreas com churrasqueira, playgrounds, academias e quadras esportivas nos condomínios residenciais. As multas para descumprimento das regras é de R$ 7.480.

Caraguatatuba segue as regras mais restritivas da fase emergencial, com apenas serviços essenciais em funcionamento e a proibição do acesso às praias. A cidade também suspendeu os atendimentos presenciais não essenciais nas repartições públicas municipais, que passaram a ser feitos por telefone e e-mail das 8h às 14h em dias úteis.

A administração conta com apoio da Polícia Militar para realizar a fiscalização nas praias e faz abordagens e orientações com faixas na orla e uso de carro de som indicando a proibição de acesso. O estacionamento na orla também está proibido.

Ubatuba

Ubatuba também segue as regras da fase emergencial, e está com o acesso às praias proibido desde o início de março.

Diante do feriado na capital, a administração implantou um rodízio de veículos para minimizar o turismo na cidade. A multa por descumprimento é de cerca de R$ 130, mais quatro pontos na CNH.

Ficam impedidos de circular nos dias ímpares carros com final da placa ímpar e nos dias pares placas com final em número par.

O rodízio não se aplica a veículos das quatro cidades do Litoral Norte, além de veículos de abastecimento, serviços essenciais e de profissionais que trabalham na cidade.