Deputado de SP, Marcos Damasio pede inclusão de renais crônicos que não fazem diálise em grupo prioritário de vacinação

O governo do Estado liberou a vacinação dos renais crônicos que fazem diálise, mas o deputado estadual Marcos Damasio (PL) pediu ao governador João Doria, por meio da Indicação 1788/2021, que sejam incluídos no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19 os renais crônicos que ainda não fazem diálise, mas têm apenas um rim funcionando parcialmente.

“Este grupo também é muito vulnerável. Sabemos que os rins são o segundo órgão a ser afetado pela doença e uma pessoa nessa condição, com apenas um rim e este funcionando entre 50% e 25%, tem pouca chance de sobreviver em um caso mais severo, por isso é importante estender a vacina a eles”, defendeu o parlamentar.

Damasio lembrou que estas pessoas estão em tratamento, no entanto, estão a um passo da diálise e não podem correr o risco de pegar Covid-19.

Outro aspecto importante é que estas pessoas estão em tratamento e precisam se deslocar com frequência aos hospitais e muitas utilizam o transporte coletivo, o que aumenta as chances de contágio.

“É preciso resguardar a saúde desse grupo e dar-lhes a tranquilidade da proteção oferecida pela vacina, uma vez que já enfrentam inúmeras incertezas quanto ao futuro”, concluiu o deputado.

Por Assessoria de Imprensa