Prefeitos eleitos nas cidades do Sul do Rio e Costa Verde tomam posse

Tomam posse no domingo (1º) os 24 prefeitos eleitos nos municípios do Sul e Costa Verde do Rio de Janeiro nas eleições de outubro de 2016. Junto com eles assumirão os vereadores que vão compor as Câmaras Municipais pelos próximos quatro anos.

as cerimônias de posse estão previstos discursos e juramentos. Confira quem são os novos chefes do Executivo nos municípios que possuem os maiores colégios eleitorais da região:


Samuca Silva  (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
                                                                       Samuca Silva (Foto: Reprodução)

Em Volta Redonda, maior colégio eleitoral da região com mais de 220 mil eleitores, Samuca Silva (PV) toma posse às 10h, na Câmara Municipal. Eleito no segundo turno, ele teve 89.055 votos, o que corresponde a 54,60% dos votos válidos, contra 74.049 votos de Paulo Baltazar, do PRB – 45,40%.

“Precisamos equacionar as finanças. Volta Redonda é uma cidade que tem uma receita absurdamente alta, que precisa de uma gestão pública. Nosso plano de governo está bem claro. Gastar melhor, é isso”, disse Samuca Silva na ocasião.


Rodrigo Drable, candidato a prefeito de Barra Mansa, participa de entrevista no RJTV (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
                                         Rodrigo Drable, prefeito de Barra Mansa (Foto: Reprodução)

Em Barra Mansa, Rodrigo Drable (PMDB) assume a prefeitura às 18h, em uma cerimônia no Palácio Barão de Guapy, no Centro. Na eleição de outubro ele teve 39.169 votos, o que corresponde a 43,46% dos votos válidos. O segundo colocado foi Claudio Manes, do PSDB, com 25.908 — 28,74%.

“Temos que primeiro agradecer essa oportunidade, dizer que estamos muito convictos do trabalho que temos que fazer, Fátima [a vice] e eu. O momento é de reconstrução da cidade e que nós faremos isso juntos”, projetou ele assim que foi eleito, em entrevista à equipe do RJTV.


Fernando Jordão, candidato a prefeito de Angra, participa de entrevista no RJTV (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
                                       Fernando Jordão, eleito em  Angra dos Reis (Foto: Reprodução)

Fernando Jordão (PMDB) toma posse em Angra dos Reis no Iate Clube Aquidabã, às 18h. Dono de uma votação expressiva – 75.517 votos, o que corresponde a 82,05% dos votos válidos – ele derrotou o Dr. Christiano Alvernaz, do PRB, escolhido por 8.226 eleitores.

“Primeira coisa que nós temos que fazer é colocar ordem na prefeitura. A questão financeira tá um desastre e eu vou começar pela saúde que eu nunca vi tanta reclamação sobre problema de transferência de doente, gente com óbito, hospital da Japuíba que não funciona, UPA fechada. Aliás, nós vamos reabrir a saúde no município”, disse em outubro.


Diogo Balieiro, candidato a prefeito de Resende, participa de entrevista no RJTV (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
                                       Diogo Balieiro, prefeito eleito em Resende (Foto: Reprodução)

Eleito com 25.888 votos, Diogo Balieiro Diniz (PSD) assume a prefeitura de Resende às 18h, em uma cerimônia no teatro do colégio Salesiano, no Jardim Jalisco. Ele obteve 38,13% dos votos válidos, derrotando Noel de Carvalho (PSDB) por uma diferença de menos de 2 mil eleitores.

“Nossa candidatura é uma candidatura independente. Ela não teve apoio de nenhum padrinho político, nenhum grande cacique político municipal e estadual, e, principalmente nossa candidatura não teve apoio de nenhum grupo empresarial. Ou seja, foi uma candidatura na raça, no esforço, na sola do sapato e principalmente no coração”, disse ele assim que soube da vitória nas urnas.


Mário Esteves, candidato a prefeito de Barra do Piraí, participa de entrevista no RJTV (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
                                         Mário Esteves, eleito em Barra do Piraí (Foto: Reprodução)

Mais votado no pleito de outubro, Mário Esteves (PRB) toma posse em Barra do Piraí. Ele assume o governo às 15h, em uma cerimônia  no Royal Sport Club. Ele recebeu 20.856 votos e superou Maercio de Almeida (PMDB), escolhido por 17.010 eleitores.

“Eu acredito que o maior desafio do futuro prefeito seja a saúde pública. A intenção é informatizar todos os procedimentos do setor da saúde, incluindo marcação de consultas, exames resultados de exames, pra que a gente possa usar a teconologia pra cortar o desperdício e cortar a corrupção”, disse.


Josimar Salles, candidato a prefeito de Três Rios, participa de entrevista no RJTV (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
                                        Josimar Salles, novo prefeito de Três Rios (Foto: Reprodução)

Josimar Salles (PDT) assume a prefeitura de Três Rios às 18h, no Teatro Celso Peçanha. Escolhido por 22.947 eleitores, ele obteve 50,62% dos votos válidos. Joa (PROS) ficou em segundo, com 34,86%.

“Num momento em que o país vive um momento delicado na vida política, eu não sou político, eu sou um profissional, um gestor, e a população reconheceu que é um momento de uma nova política. E esse foi o nosso desafio. Mostrar às pessoas que não estão mais acreditando na política que é possível ainda ter uma pessoa que possa trazer essas propostas”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.