Preso pela PF, Eike Batista passa por exames no IML antes de ir para presídio no Rio de Janeiro

O empresário Eike Batista pousou às 9h57 desta segunda-feira (30) no aeroporto internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. Ele foi detido por agentes da PF (Polícia Federal) assim que a aeronave estacionou.

Eike foi levado para o IML (Instituto Médico-Legal) para exames de corpo de delito, antes de ser conduzido para um presídio no Rio de Janeiro.

O empresário não tem curso superior e, por isso, deverá ir para uma cela comum.

Eike teve a prisão decretada na semana passada, mas estava nos Estados Unidos. Na noite de ontem, ele embarcou no voo 973 da American Airlines, de Nova York para o Rio, em classe executiva.

Antes de embarcar, o empresário, que já foi o homem mais rico do Brasil, disse que “está na hora de passar as coisas a limpo” e que “está à disposição da Justiça”. “Estou voltando”, afirmou.

A investigação em que Eike é citado apura esquema usado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho (PMDB) e outros investigados para ocultar mais de US$ 100 milhões remetidos ao exterior.

O executivo é acusado de pagar US$ 16,5 milhões em propina a Cabral no exerior.
Foto: Renata Cafardo/30.01.2017/Folhapress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.