Dia Mundial da Água – Diferente de outros municípios, 100% da população de São Lourenço, MG recebe água tratada pelo SAAE

O Dia 22 de Março é reconhecido pela Organização das Nações Unidas como o dia mundial da água, desde 1992. Esta é uma forma de perpetuar na memória de todos a importância deste recurso natural para a humanidade. Sendo assim, várias ações são realizadas em respeito a este dia.

Em São Lourenço, uma das principais cidades do Circuito das Águas, a preocupação não é diferente. Apesar de termos grandes recursos hídricos ao nosso redor, a cidade cuida com responsabilidade de seu abastecimento junto com o Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto (SAAE).

O SAAE é a autarquia responsável pela captação, tratamento e distribuição da água na cidade, assim como esgoto e limpeza urbana.

A captação da água é feita por um sistema flutuante, tipo balsa, localizado no Rio Verde, que abastece a cidade.

São três conjuntos de motobombas que transportam a água por duas adutoras até a Estação de Tratamento, onde é passado por um processo convencional de tratamento e posteriormente distribuída para a população.

Hoje, o SAAE está sob nova administração, devido à mudança da gestão municipal, a responsabilidade pelo SAAE é do Diretor Henrique Poli. Ele explica que, diferente de muitas cidades, São Lourenço desconhece problemas crônicos de racionamento, já que a estação da cidade produz em média 11 milhões de litros de água tratada e fluoretada, rigorosamente dentro dos padrões de qualidade recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com Henrique, 100% da população de São Lourenço recebe água tratada pelo SAAE, “proporcionando uma vida mais saudável em nossa cidade”, completou.

 

O Rio Verde:

 

O Rio Verde, que faz parte da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, tem a qualidade de sua água monitorada pelo IGAM – Instituto Mineiro de Gestão das Águas.A qualidade da água deste manancial é regulamentada pela resolução CONAMA 357/2005, sendo que o SAAE realiza análises semestrais para o controle da qualidade da mesma. Até o momento esta água enquadra-se na classe apropriada para o tratamento destinada ao consumo humano.

Pelos resultados das análises realizadas na água deste manancial, não há indícios de contaminações por elementos químicos indesejáveis, como metais pesados, agrotóxicos, algas com potencial tóxico e outros.

Graças ao trabalho sério e competente do SAAE, São Lourenço tem hoje, um dos melhores e mais modernos sistemas de tratamento de água e um dos mais altos índices de atendimento em saneamento básico do país.

A cidade está recebendo obras que vão permitir o tratamento de todo o esgoto que é lançado no Rio Verde, ajudando, assim, a recuperar o meio ambiente.

 

Cuidados do consumidor:

 

Se o SAAE toma todos os cuidados necessários para tratar a água, o consumidor também deve fazer a sua parte para preservá-la das impurezas, evitando também os desperdícios. Para isso, bastam algumas precauções, tais como:

 

Torneiras:

Ao lavar as mãos, feche a torneira na hora de ensaboá-las; para escovar os dentes ou fazer a barba, faça o mesmo. Só volte a abrir a torneira na hora de enxaguar; faça o mesmo na hora de lavar roupa e louças: mantenha a torneira fechada na hora de ensaboar.

 

Vaso Sanitário:

Os vasos sanitários podem consumir até 40% da água de uso doméstico. Racionalize o uso da descarga; regule periodicamente a válvula de descarga; nunca jogue papel, pontas de cigarros ou lixo dentro do vaso, pois podem causar entupimentos.

 

Hidrômetro:

Controle seu consumo de água através dos números registrados no hidrômetro. É simples fazer a leitura. Caso você não saiba, basta perguntar ao leiturista ou dirigir-se ao nosso escritório. Fique atendo aos vazamentos que podem ocorrer no hidrômetro.

 

Bóia d’água:

Observe sempre o funcionamento da boia da sua caixa d’água. Boia com defeito é água perdida pelo extravasor (ladrão).

 

Mangueira:

Se for indispensável o uso da mangueira, utilize sempre um esguicho (tipo bico). Assim, quando você não a estiver utilizando, o fluxo de água é interrompido; evite lavar as calçadas, garagens e carros várias vezes por semana, assim como irrigar os jardins desnecessariamente; não use o jato da água para varrer o chão. Use a vassoura; na hora de lavar o automóvel, troque a mangueira pelo balde de água.

 

Chuveiro:

Os banhos demorados consomem 37% da água de uso doméstico. Para você ter uma ideia, cinco minutos com o chuveiro aberto consome 60 litros de água; diminua o fluxo do chuveiro e, quando estiver se ensaboando, faça-o com o chuveiro fechado.

 

Fotos/Texto: Comunicação Social – PMSL

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.