Jovens de 22 e 16 anos agrediram até a morte e amarraram homem a poste em Cunha, SP diz polícia

Um adolescente de 16 anos foi detido suspeito de participar da morte de um jovem de 27 anos que foi agredido e amarrado em um poste em Cunha. O crime aconteceu neste domingo (11) e, segundo o adolescente, teria ocorrido por uma dívida de droga. O outro agressor, de 22 anos, não foi localizado pela polícia.

O crime aconteceu na madrugada de domingo (11), quando a vítima foi encontrada por moradores morta amarrada a um poste. Eles acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas o jovem não resistiu e morreu.

Segundo a Polícia Civil, eles ouviram testemunhas que apontaram o adolescente como um dos envolvidos. Ele é morador da cidade e contou à polícia que foi com o homem de 22 anos cobrar uma dívida de droga. A vítima era usuária e teria roubado uma quantidade de entorpecente.

De acordo com o depoimento, a vítima não teria como pagar o valor e, por isso, começaram as agressões. Segundo o adolescente, eles agrediram o homem com tapas, socos e pancadas na cabeça.

“Segundo o adolescente, a vítima teria dado sinais de lesão grave depois que o homem que estava com ele o agrediu com garrafadas na cabeça. Depois de desmaiado, eles amarraram a vítima junto ao poste. O homem morreu agonizando, o que dá ao crime duas qualificadoras”, explica o delegado Paulo Sérgio Barbosa.

Os envolvidos vão responder por homicídio duplamente qualificado. O adolescente vai responder por ato infracional análogo à homicídio. Ele vai ser encaminhado à Fundação Casa. O outro homem envolvido no crime foi identificado pela polícia e o pedido de prisão deverá ser feito nos próximos dias.

 

 

Foto: Divulgação

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.