Polícia Civil prende dentista de Vassouras,RJ suspeito de morte de ex-namorada grávida

Policiais da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) prenderam, na tarde deste domingo (25), o dentista Thiago Medeiros, de 33 anos. Ele é apontado pela polícia como principal suspeito da morte da ex-namorada, a empresária Nathalie Rios Motta Salles, de 37, que estava grávida de três meses. O filho seria dele.

Thiago foi a última pessoa vista com Nathalie. O encontro aconteceu na Estação do Metrô do Flamengo, na Zona Sul do Rio, por volta das 16h30 da última quinta-feira (22). O encontro foi marcado por ele. De acordo com os investigadores, ela foi vista entrando no carro do dentista.

O suspeito e Nathalie já haviam namorado. O relacionamento acabou, mas eles ainda se encontravam. Segundo a polícia, Thiago, que atualmente é noivo de uma médica, teria pedido à ex-namorada que fizesse um aborto – Nathalie, no entanto, decidiu manter a gravidez.

Na sexta-feira (23), policiais da DDPA encontraram um corpo carbonizado em Vassouras, onde vive a família de Thiago. Porém, parte das roupas e os brincos ainda estavam intactos – eles pertenciam a Nathalie.

O corpo da vítima estava dentro de pneus incinerados. Os dentes foram arrancados – o que teria sido feito para dificultar a identificação da empresária.

Durante depoimento prestado na DDPA, ele confirmou que esteve com a ex-namorada, mas afirmou tê-la deixado no Aterro do Flamengo, seguindo sozinho para Vassouras. A prisão temporária do dentista foi concedida pela Justiça na tarde deste domingo. Thiago acabou preso em Botafogo, onde mora.

Thiago e Nathalie se conheciam desde 2008. Ela era farmacêutica e dona de uma rede de drogarias.

 

 

Fotos: Reprodução

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.