Três homens são presos na Dutra com veículos clonados em Engenheiro Passos, RJ

Policiais rodoviários federais durante fiscalização de combate ao crime, na tarde de domingo (09), no km 332 da Rodovia Presidente Dutra, no sentido SP, em Engenheiro Passos –distrito de Resende- abordaram um Fiat/Palio com placa do Mato Grosso do Sul. Durante a abordagem o motorista, de 29 anos, apresentou nervosismo extremo, não conseguindo explicar o motivo da viagem. Segundo a PRF, o motorista estava realizando o trabalho de “batedor”, seguindo à frente e verificando se havia alguma blitz para avisar aos comparsas que seguiam atrás com carros clonados.

Enquanto os agentes realizavam a abordagem ao Palio observaram a passagem de outros dois veículos com placas do MS (Mato Grosso do Sul). Uma equipe abordou os outros dois veículos, uma camionete Toyota Hilux e um SUV Mercedes Benz GLK 300, estacionados no Pátio do Posto de Combustíveis Estrela, em São Paulo, e ao realizarem a abordagem perceberam que os CRLVs apresentados pelos condutores, de 27 e 29 anos, apresentava indícios de falsificação.

A polícia, após realizar uma inspeção nos veículos constatou sinais de adulteração nas numerações do motor e chassi, levantando-se a suspeita de clonagem.

– Foi possível chegar ao veículo original do Mercedes, confirmando ser produto de roubo, quanto a camionete, não foi possível se chegar à original, pois, suprimiram vários itens identificatórios, mas, estava com número do chassi adulterado e do motor raspado – disse o Inspetor da PRF, Carlos Nogueira,  acrescentando que os três homens são naturais do Mato Grosso do Sul e viajavam juntos, sendo que o Palio fazia o trabalho de “batedor”.

Os três homens foram presos e o caso foi registrado na 89ª DP (Resende), onde todos foram autuados por receptação, uso de documento falso e associação criminosa, os veículos ficaram apreendidos na delegacia.

Ainda de acordo com Carlos Nogueira, existe a suspeita de que os veículos clonados estejam sendo utilizados como “moeda de troca” na negociação de drogas entre traficantes do RJ e MS.

 

Foto: Cedida pela PRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.