Homem é preso e 50 potes de palmito apreendidos em operação da Polícia Federal em Aparecida, SP

A Polícia Federal de São José dos Campos prendeu um homem e apreendeu 50 potes de palmitos extraídos ilegalmente nesta terça-feira (22) em uma casa em Aparecida.

Segundo a polícia, durante a investigação, que durou um ano, dois suspeitos foram identificados por realizarem a extração. Eles são da cidade de Cunha, mas estavam morando em Aparecida.

O palmiteiro preso estava estocando de forma imprópria o produto pronto para consumo. Ele já tem diversas passagens por extração ilegal e deve responder também por crime de relações de consumo e pode pegar prisão de até cinco anos de prisão. O outro ainda está sendo investigado.

Segundo os peritos, um pote de palmito, como os que foram apreendidos, equivale a até cinco árvores destruídas. “Uma palmeira juçara demora de 7 a 10 anos para dar palmito. O extrativista vai lá, corta a palmeira inteira e pega 30 centímetros de palmito. Há quase duas mil extrações de palmitos semanais”, afirmou a delegada responsável pela operação, Fabiana Chaves Mourão.

Além dos potes de palmitos, foram apreendidos 300 embalagens de vidro e duas caminhonetes. O próximo passo é identificar compradores, distribuidores e restaurantes envolvidos no comércio ilegal do palmito.

 

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.