Campos do Jordão terá participante no no MasterChef Profissional da Band

O MasterChef, o maior reality show de culinária do Brasil se prepara para mais uma edição. Desta vez quem afia as facas e se prepara para competir são os chefs profissionais, na segunda edição do MasterChef Profissionais, que estreia na Band na próxima terça-feira (5).Bárbara Cardim, do restaurante “Tuttibuoni” irá representar Campos do Jordão na competição. Ela ingressou na carreira gastronômica ainda muito jovem e viveu
um ano em Londres, onde trabalhou em restaurantes estrelados e até cozinhou para a rainha.
Na edição de 2017, 16 chefs – oito homens e oito mulheres – vão se enfrentar em 14 episódios.

Quem e´Barbará Cardim

Decidida e ambiciosa, Bárbara Cardin é uma garota prodígio. Aos 14 anos, foi morar sozinha no interior de São Paulo para estudar e, aos 17, foi emancipada para iniciar a carreira na gastronomia.
Fez diversos cursos e estágios em restaurantes renomados do país e aos 19 anos ganhou seu primeiro concurso gastronômico, no Festival de Gastronomia da Montanha, um prato elaborado utilizando 7 ingredientes regionais. Esse prato faz parte do cardápio do restaurante, denominado “Truta Premiada”.
Assim que completou 20 anos, partiu para uma temporada na Europa. Trabalhou em renomados restaurantes como Hedone, Pétrus e Lincons Inn, e conheceu 10 novos paises, restaurantes renomados e chefs estrelados.
Apesar da pouca idade, morou um ano em Londres, onde e chegou a cozinhar para a rainha.
O seu amor na elaboração de pratos é tão grande que sempre faz questão de escolher os ingredientes e saber a procedência dos mesmos. “Saí da faculdade por volta das 13h00, fui até o produtor pescar o meu próprio peixe e as 17h00 estava com o meu peixe fresco no local da prova”
Diz não ter medo de nada e se considera obstinada por sua profissão.
Essa bagagem serve de impulso para a jovem chef tocar o restaurante Tutti Buoni com a suamãe, em Campos do Jordão
sonha em conquistar o mundo.
Sem dúvida, o MasterChef pode ser seu melhor passaporte

Conheça os outros 15 participantes :

Angélica Vitali. Se especializou em Portugal e na Espanha, onde trabalhou com o chef Ferran Adriá, mestre da gastronomia molecular.

Berta Schneider. De Penedo, cidade serrana no Rio de Janeiro. Viveu na Finlândia e na Itália e já trabalhou como chef em um navio. Atualmente dá aulas de gastronomia em Búzios (RJ).
Clécio Campos. Adora cozinhar peixes e frutos do mar. Hoje ele vive em Itacaré, na Bahia, onde comanda a cozinha de um restaurante.

Edney Moreira. Começou sua carreira na cozinha lavando pratos. Hoje seu sonho é ir estudar no exterior e ter o próprio restaurante.
Francisco Pinheiro. Experiente, começou a cozinhar profissionalmente aos 16 anos, e aos 21 já era chef. Tem como mentor o francês Laurent Suaudeau. Hoje comanda a cozinha de dois restaurantes.

Guilherme Cardadeiro. Paulistano, começou a cozinhar com a mãe e a avó. Gosta de cozinhar pratos vegetarianos, mas também carnes exóticas.

Irina Cordeiro. Trabalhou como sommèliere antes de começar a trabalhar como cozinheira. Sua especialidade são os frutos do mar.

Lubyanka Baltar. Filha de mãe americana e pai paraibano. Formada pela Cordon Bleu, ela aposta em misturar a culinária norte-americana com a nordestina.

Mirna Gomes. Vive em São Paulo. Cozinha há apenas quatro anos, mas já trabalhou em restaurantes renomados como o Maní, em São Paulo, e o El Celler de Can Roca, na Espanha.
Monique Gabiati. Sergipana, mora no Rio de Janeiro. Trabalha como personal chef e já cozinhou para Ivete Sangalo e Claudia Raia, entre outros famosos.

Pablo Oazen. Trabalhou em Portugal, França e Espanha. Hoje tem um gastrobar e uma sanduicheria em Juiz de Fora.

Pedro Pecego. Fã de culinária japonesa, trabalhou anos como sushiman. Hoje é chef executivo de uma rede de restaurantes no Rio de Janeiro, e define sua cozinha como “contemporânea com pegada oriental e uma base francesa clássica”.

Raissa Ribeiro. A mais jovem participante desta edição, mas tem experiência: estagiou nos restaurantes Fasano e Tuju, de São Paulo, e com o chef francês Philippe Philippe Mille

Ravi Leite. Paranaense, sabe surfar nas modas gastronômicas. Abriu uma das primeiras paleterias mexicanas de São Paulo, e hoje tem um restaurante havaiano.

William Williges. Gaúcho, cozinha profissionalmente desde os 18 anos. Aposta no talento e criatividade para surpreender os concorrentes e a audiência.

Fonte: MSN e Band

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.