PM divulga Operação Romeiro 2017

No dia 09 de setembro, iniciou-se a Operação Romeiro na área do 23ºBPM/I, que será desenvolvida durante os meses de setembro, outubro, novembro, com término em 10 de dezembro, em razão das milhares de pessoas que visitam a Basílica Nacional de Aparecida e as cidades de Guaratinguetá e Cachoeira Paulista no circuito religioso do Vale do Paraíba.

O evento, em razão da importância nacional e internacional que representa para a sociedade brasileira, está inserido no calendário anual da Polícia Militar do Estado de São Paulo, oportunidade em que o Comando Geral da Corporação, através de um planejamento estratégico e de inteligência policial, envolvendo o Comando Regional, desenvolve ações coordenadas, visando dar maior segurança aos romeiros que visitam a região bem como à população local.

Além do aumento de romeiros na cidade de Aparecida/SP, no mesmo período ocorre o aumento de visitantes nas cidades de Guaratinguetá/SP e Cachoeira Paulista/SP, em razão do fluxo de fiéis de Frei Galvão e da Comunidade Católica Canção Nova.

A concentração de pessoas aumenta a probabilidade de ocorrências que podem afetar a ordem pública, motivo pelo qual, objetivando preservá-la, a Polícia Militar, por meio da ação integrada das Forças de Segurança envolvidas, desencadeará a Operação Romeiro, intensificando o policiamento ostensivo territorial, rodoviário, ambiental, aéreo e as atividades de bombeiros.

Será montada no Santuário Nacional, a Base de Apoio Comunitário situada em frente ao Ponto de Encontro, apta ao atendimento dos romeiros de Aparecida, com capacidade para serviços de utilidade pública. A Base conta com o trabalho de Policiais Militares capacitados a dar informações necessárias à segurança do romeiro que visita a cidade de Aparecida.

Há uma preocupação muito grande por parte da Instituição Policial Militar em garantir a segurança de toda a comunidade, dos fiéis, dos romeiros, das autoridades civis e eclesiásticas, portanto, a execução do policiamento preventivo e ostensivo nos municípios de Aparecida, Guaratinguetá e Cachoeira Paulista, conta com o apoio de outras Unidades Operacionais e Especializadas, visando aperfeiçoar os recursos existentes, dando ênfase aos locais onde é maior a presença de pessoas e os riscos para a sua segurança.

As atividades de policiamento estão distribuídas conforme segue: – policiamento ostensivo na área urbana, nas imediações e interior do Santuário Nacional; – policiamento de trânsito visando disciplinar o tráfego de veículos na área urbana e nas rodovias de acesso ao município, bem como, o estacionamento de veículos no perímetro urbano da cidade; – apoio turístico na área fluvial (Rio Paraíba); – apoio aos Órgãos Estaduais, Municipais e Federais em suas missões e atividades.

Durante o período, há o envolvimento das diversas Unidades de Formação da Polícia Militar, tais como, a Escola de Formação de Soldados do CPI-1, a Academia de Polícia Militar do Barro Branco e Unidades Especializadas como o Grupamento Aéreo, Corpo de Bombeiros, Policiamento Ambiental, Batalhão de Ações Especiais de Polícia Militar, Polícias Rodoviária Estadual e Federal, participando também de ações coordenadas com o poder público local.

Diante deste quadro, o objetivo da Polícia Militar do Estado de São Paulo é proporcionar aos habitantes locais e aos romeiros a necessária tranqüilidade social durante todo o evento.

 

Fonte: Seção de Comunicação Social do Vigésimo Terceiro Batalhão de Polícia Militar do Interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.