Comerciante que morreu esfaqueado pela namorada teria saído horas antes com amigos em Pouso Alegre, MG

O comerciante Leonardo Melo, de 29 anos, que morreu após ser esfaqueado pela namorada, foi sepultado na tarde desta sexta-feira (6) em Pouso Alegre (MG). Olivia Maggiotti, de 24 anos, assumiu o crime, mas não revelou o motivo. Ela foi levada para o presídio da cidade. Testemunhas disseram que a briga entre eles teria começado por telefone durante a madrugada, quando o comerciante estava com amigos.

Após a briga por telefone, eles teriam se encontrado e a discussão continuou até eles chegaram na casa de Olívia, no bairro Santa Luzia. Vizinhos disseram que ouviram gritos e, por isso, chamaram a polícia. O rapaz morreu após levar uma facada no peito.

“No local nós deparamos já com a Olívia e ela já assumiu a autoria do fato”, disse o comandante do batalhão da Polícia Militar, Juliano Ricardo Costa.

A defesa da jovem disse que ela é inocente e que teria sido agredida pelo namorado.

“Talvez a delegada vai relatar isso e enviar para a Justiça, e a partir daí vamos tomar as providências necessárias. Há indícios que sim (que ela foi agredida)”, disse o advogado de Olívia, Luis Carlos Delfino.

Segundo a Polícia Civil, o pai de Olívia ajudou a prestar socorro. Ele chegou a ser levado para a delegacia por ser encontrado na cena do crime, mas foi liberado. A jovem disse à polícia que chegou a ligar para o Samu para socorrer o namorado.

O casal estava junto há cerca de 3 anos e, conforme testemunhas, tem histórico de brigas. Em 2015, Olívia chegou a registrar um boletim de ocorrência contra ameaças de Leonardo.

“Já vinham enfrentando problemas de relacionamento entre eles, já tinha histórico de outras brigas e que infelizmente culminou neste fato de hoje”, completou o comandante da PM.

 

 

Fotos: Reprodução Facebook

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.