Pacientes do Programa de Diabetes e Hipertensão de Itatiaia, RJ participam de caminhada nessa segunda-feira

Os pacientes assistidos pelo Programa de Diabetes e Hipertensão da Secretaria Municipal de Saúde participam na próxima segunda-feira (16), a partir das 8h, de uma caminhada pelo centro da cidade.

O evento, em comemoração ao Dia da Alimentação Saudável (16 de outubro), tem a finalidade reforçar a importância de adotarem hábitos preventivos de saúde, como atividades físicas e uma alimentação saudável.

De acordo com a nutricionista responsável pelo programa, Gina Amorim, o ponto de partida da caminhada será a Policlínica Municipal, no Centro, de onde os pacientes seguirão pelo centro da cidade.

– Com certeza será uma manhã muito proveitosa. Eventos como esse ajudam  a mostrar a importância  da prevenção e também contribuem para incentivar a adoção da prática regular de exercícios e de uma  alimentação balanceada, que são fundamentais para os pacientes, disse a nutricionista.

Além de atividades como a caminhada, o acompanhamento dos pacientes cadastrados no programa é realizado mensalmente na Policlínica Municipal, pela equipe responsável.

Durante as consultas individuais são avaliadas as condições gerais dos pacientes, como a pressão arterial, glicemia entre outros.Na oportunidade também são repassadas orientações necessárias como,por exemplo, a dieta a seguir.

No programa os pacientes também contam com encontros coletivos uma vez por mês. Nos grupos os participantes tem a oportunidade tirar suas dúvidas, compartilhar informações e experiências e receber orientações profissionais.

– Tanto os encontros individuais, quanto os coletivos são uma ótima oportunidade para os pacientes aprenderem a cuidar da saúde adotando hábitos de saúde. Esse trabalho ajuda a garantir ao cidadão um acolhimento melhor, além de ajudar a sanar as suas dúvidas sobre a doença, disse a Gina Amorim.

O Programa

Atualmente o Programa de Diabetes e Hipertensão conta com 200 pacientes inscritos. O ingresso é realizado por meio de encaminhamento médico, através da unidade de referência do paciente ou por meio do cadastro direto no programa, as segundas e sextas feiras, de 8h ao meio-dia, quando é feita o  agendamento de consultas e cadastramento nos grupos.

A rede municipal de saúde  também disponibiliza aos pacientes atendidos pelo programa a medicação básica, que pode ser encontrada na Farmácia Municipal, no Centro.

Porém, uma informação importante é que a partir de novembro a compra de medicamentos não padronizados passará por uma avaliação mais criteriosa, conforme explica o diretor de Saúde, Alexandre Paulino

– Os pacientes que precisam de medicamentos não padronizados abrem um processo para que a Prefeitura compre esses remédios. Mas a partir de novembro essa compra só será realizada em caso de necessidade mesmo, isso porque existem casos em que a medicação pode ser substituída por outra com a indicação médica e em outras situações o paciente tem condições de comprar. E com isso muitas vezes o medicamento que poderia ser comprado para uma pessoa que realmente necessita, acaba sendo comprado primeiro para aquela que tem condições financeiras para adquirir o remédio. Mas tudo isso será analisado para que tudo aconteça dentro da legalidade, finalizou o diretor.

 

Por Matilde Basilio – PMI

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.