Imóveis de Alberto Youssef avaliados em mais de R$ 8 milhões vão a leilão pela metade do preço em Aparecida, SP

O leilão dos mais de 80 imóveis que pertenciam ao doleiro Alberto Youssef, que começou em setembro e encerrou nesta segunda-feira (16), terminou com um lance vendido. Os bens, avaliados em mais de R$ 8 milhões, serão leiloados novamente com lances iniciais pela metade do preço, a partir desta segunda até o dia 30 de outubro.

Os imóveis serão leiloados por determinação do juiz Sérgio Moro, que é responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância.

Ao todo, são 73 unidades no Condomínio Hotel Aparecida, em Aparecida (SP), que pertencem à empresa GFD Investimentos Limitada, que valem R$ 120 mil cada. Outros oito imóveis localizados em Salvador também serão leiloados pela metade do preço.

Os lances podem ser feitos pela internet.

No despacho em que determinou o leilão, no dia 20 de julho, Moro informou que o valor arrecadado com a venda dos imóveis ficará depositado em Juízo até nova decisão.

Segundo Moro, no acordo de colaboração, Youssef renunciou seus direitos sobre os bens. O doleiro foi condenado a mais de 110 anos de prisão e atualmente cumpre pena em regime aberto.

O hotel

O Condomínio Hotel Aparecida foi construído por um consórcio de empresários, a partir de uma permuta com uma área do Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

O Condomínio Hotel Aparecida tem 171 unidades, com diferentes investidores como proprietários. Devido à permuta, o Santuário é proprietário de 25 unidades no empreedimento.

Como em qualquer personalidade jurídica de condomínio, não há a informação disponível sobre quem são os demais condôminos.

O Santuário Nacional informou que não mantem nenhuma relação com os proprietários das demais unidades do empreendimento.

 

Foto: Reprodução

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.