Suspeito preso por abusar de adolescente em Cubatão, SP confessa crime e alega ‘fragilidade’

Valmir de Sousa Santos, foi preso por suspeito de abusar de uma adolescente de 13 anos, em Cubatão (SP), admitiu o crime à polícia e justificou a atitude como um “ato de fragilidade”. Segundo a polícia, ele foi flagrado pela própria mulher, que o encontrou em um imóvel vizinho com a vítima.

O crime ocorreu na quinta-feira (26), no bairro Jardim Costa e Silva. Em depoimento, durante o registro do boletim de ocorrência, a mulher relatou que marido disse a ela que daria uma volta. Pouco tempo depois, ela saiu de casa e encontrou o chinelo dele na porta da residência vizinha. Ela, então, entrou e deparou-se com os dois. A menor chorava assustada.

O suspeito, identificado como Valmir de Sousa Santos, fugiu do local em seguida. A mulher acionou a polícia, socorreu a adolescente e acionou a mãe dela, para que voltasse à casa. Com a chegada das autoridades, as três foram levadas à delegacia.

As características de Valmir foram informadas via rádio às viaturas da Polícia Militar. Uma equipe o localizou na esquina da Avenida Nove de Abril com a Rua Goiás, no Centro da Cidade. Segundo a polícia, ao ser abordado e questionado, ele confessou o crime e disse que foi um “ato de fragilidade”. Valmir oi levado para a Delegacia Sede de Cubatão.

O suspeito acabou detido e indiciado por estupro de vulnerável. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública da região após depoimento. A vítima foi submetida a atendimento médico e realizou exames. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do suspeito até a publicação desta reportagem.

Caso foi encaminhado para a Delegacia Sede de Cubatão (Foto: Mariane Rossi/G1)

Caso foi encaminhado para a Delegacia Sede de Cubatão (Foto: Mariane Rossi/G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.