Aposentada assassinada pelo neto em Campos do Jordão, SP havia ameaçado chamar a polícia por venda de botijões

Cláudio Borges- Uma discussão sobre a venda de botijões de gás foi o motivo para um jovem de 23 anos tirar a vida da própria avó no início da tarde desta segunda- feira (6) em Campos do Jordão (SP). De acordo com a Polícia Civil, a aposentada, de 58 anos foi asfixiada.

A equipe comandada pelo Delegado Dr. Luís Geraldo Ferreira recebeu uma denúncia informando sobre o crime e foi até a casa da vítima, na Rua Oswaldo Cruz no bairro Abernéssia, próximo ao cinema da cidade, chegando ao local por volta das 17h.

Ao entrar no quintal da residência, os policiais, viram por uma das janelas que a mulher estava inconsciente na cama e invadiram o local e constataram que a vítima estava em óbito..

“A avó reclamou que o jovem tinha vendido botijões de gás dela e ameaçou que iria chamar a polícia. E, por isso, ele a matou . Encontramos a vítima deitada e com um saco plástico na cabeça”, informou o delegado Luiz Geraldo Ferreira. Ainda segundo ele, foi pedido laudo ao IML sobre a causa da morte para confirmar se ela foi morta por asfixia.o crime, segundo a polícia, teria acontecido por volta das 14 horas de hoje.

Em seu depoimento, no Primeiro Distrito Policial, no bairro Capivari, o jovem negou o crime e afirmou não ter percebido que a avó estava morta.

O suspeito foi preso e indiciado por homicídio qualificado, por motivo fútil e meio cruel. Ele será encaminhado para a cadeia de Taubaté onde permanecerá a disposição da Justiça.

 

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.