Quatro pessoas são presas suspeitas de corrupção no SAAE de São Lourenço, MG

 O Ministério Público com as equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realiza uma operação no SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de São Lourenço (MG) nesta terça-feira (7).

As primeiras informações são de que a investigação do Ministério Público apura possíveis problemas em processos licitatórios realizados pela autarquia.

A equipe da operação esteve na casa do presidente e do diretor da autarquia, além da sede do SAAE e, segundo a assessoria da Polícia Civil em Belo Horizonte, pelo menos quatro pessoas foram levadas à delegacia. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

A prefeitura de São Lourenço divulgou uma nota informando a exoneração em caráter cautelar de servidores da diretoria. O SAAE informou que respeita as determinações judiciais e que vai colaborar com as investigações.

Até esta publicação, não havia mais informações sobre as investigações e os envolvidos.

 

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.