Vereador Geraldo ‘eletricista’ de Lavrinhas, SP tenta livrar prefeito Sérgio Ruggeri da Cassação

Por meio de nossas fontes ligadas à Câmara Municipal de Lavrinhas, nossa reportagem obteve informações  importantes sobre o processo de cassação do Prefeito de Lavrinhas, Sérgio Ruggeri.

Segundo nossas fontes, o processo de cassação foi instaurado pelos Vereadores no início de novembro deste ano, e tem prazo de 90 (noventa) dias para ser concluído.

Para isso, foi formada pela Câmara através de sorteio, uma Comissão de Investigação e Processante (CIP), composta de 3 (três) Vereadores: GERALDO BATISTA LEITE – Presidente; IVALDO MOISÉS DA SILVA – Relator e REINALDO PAULO PEREIRA – Membro, os quais, por força de Lei, têm a OBRIGAÇÃO DE DAR SEQUÊNCIA NO PROCESSO ABERTO, especialmente para apurar as eventuais ilegalidades cometidas pelo Prefeito.

Nossas fontes, que tiveram acesso ao processo, informaram que o procedimento já se encontra em estado bem avançado, sendo confidenciado que até o início do mês de fevereiro de 2018 já se deve ter um final desfecho.

Mas o que mais chamou a nossa atenção, foi a informação de nossas fontes quanto a forma que o Presidente da Comissão, VEREADOR GERALDO ELETRICISTA, vem conduzindo os trabalhos da comissão da CIP. Segundo nossas fontes, o VEREADOR GERALDO ELETRICISTA tem se portado de forma muito “estranha”, demonstrando estar fazendo tudo para ATRAPALHAR E DIFICULTAR O TRABALHO DOS DEMAIS COLEGAS integrantes da  comissão da CIP, como se ele próprio (Geraldo) estivesse sendo investigado.

Segundo nossas fontes, o VEREADOR GERALDO ELETRICISTA tem se omitido de assinar os documentos corriqueiros de trabalho da comissão da CIP, se furtando em seus DEVERES de PRESIDENTE DA COMISSÃO, inclusive no de exigir do Presidente da Câmara o fornecimento de um apoio jurídico à  comissão da CIP; visto que a procuradora jurídica titular da câmara estaria em seu período de férias.

A função principal de um Vereador é fiscalizar os atos praticados pelo Prefeito Municipal, mas em Lavrinhas, pelo visto, o Presidente da Comissão da CIP, Vereador GERALDO ELETRICISTA, não pensa dessa forma e vem demonstrando, ao menos aparentemente,  ser um VERDADEIRO PAU MANDADO DO PREFEITO que, ao que parece, concorda e busca encobrir todos os atos e desmandos praticados pelo Prefeito.

Em conversas e entrevistas (informais e gerais) feitas junto  aos moradores de Lavrinhas, nossa reportagem pode constatar que a população esta satisfeita com o trabalho atuante e isento   dos Vereadores Moisés e Reinaldo, os quais, segundo os entrevistados, não vêm medindo esforços no sentido de que seja devidamente apurado  se de fato o Prefeito Sérgio cometeu alguma infração ou não.

Por outro lado, os mesmos entrevistados foram taxativos ao afirmar que o Vereador GERALDO ELETRICISTA  não demonstra a menor vontade em sequer apurar a verdade dos fatos imputados ao prefeito na CIP, aparentando estar atuando em defesa de “outros interesses”  ou até  sob as ordens do próprio alcaide, agindo de modo submisso, apenas aguardando o final do mês para receber seu pagamento e polpudas horas extras (já que Geraldo é funcionário público municipal).

Dona Maria Antônia, moradora do Bairro de Pinheiros, por exemplo,  foi categórica em afirmar:  “O Geraldo sempre foi assim. Nunca quis fazer nada por nosso bairro, só se candidata para poder ter uma vida mansa, até mesmo porque ele trabalha na Prefeitura e não quer desagradar o Prefeito que está lá”.

Já o Sr. Josué Silva, morador do Bairro do Mavisou,  afirmou     quê: “O Geraldo sempre viu só o lado dele. Ele mal aparece na prefeitura para trabalhar, não cumpre horário. Ele fica o dia inteiro pra cima e pra baixo no seu carro, fazendo serviço particular de eletricista pro povo”.

Pelo visto, se depender do Vereador GERALDO ELETRICISTA LAVRINHAS FICARÁ ETERNAMENTE PARADA NO TEMPO, e os responsáveis por eventuais  desperdício do dinheiro público sairão sempre impunes!

Esperamos que o Vereador  GERALDO ELETRICISTA reveja os seus conceitos, caia em si e acorde para as suas obrigações de vereador e, sobretudo de Presidente da comissão da CIP. Aliás, se qualquer dos membros da  comissão da CIP for OMISSO em seus DEVERES LEGAIS, pode responder na justiça por seus atos e inclusive, por julgamento do próprio legislativo, ter o seu mandato de vereador CASSADO.

Queremos acreditar que em Lavrinhas, tal qual ocorre lá pelos lados de Brasília, a consciência dos legisladores não estejam sendo conquistadas por meio da famosa “sacolinha”.

Gostaríamos de acreditar, e temos fé nisso, de que em Lavrinhas  ninguém esteja CORRENDO A “FAMOSA”  SACOLINHA.

Lembremos ao Vereador   GERALDO ELETRICISTA o velho ditado de quê: Juízo e canja de galinha nunca fez mal a ninguém”.

Acorda GERALDO!!!!!!!!

Balança meu povo!!!!!

Matéria Extraída do Jornal A Notícia de 16/12/17

 

 

Foto: Reprodução/Facebook

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.