Ministro da Saúde anuncia saída da pasta para disputar as Eleições 2018

Barros vai concorrer a uma vaga de deputado em 2018
Giuliana Saringer – O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), anunciou nesta quinta-feira (4) que vai deixar o cargo para disputar a reeleição para o cargo de deputado federal nas Eleições 2018. A data da saída, porém, ainda não está definida. A informação foi confirmada a reportagem  pela assessoria do ministério.

Barros precisa deixar o cargo até 7 de abril, data limite para quem ocupa cargo público deixar a função e ter o direito de concorrer nas eleições.

Segundo a pasta, Barros já informou ao presidente Michel Temer

(PMDB) o desejo de disputar o pleito do ano que vem. Disse também que continuará à disposição do presidente para decidir qual o melhor dia para deixar o ministério.

O anúncio da saída de Barros representa a quarta baixa na Esplanada dos Ministérios do governo Temer em menos de um mês.

O primeiro foi Antonio Imbassahy (PSDB), que deixou a Secretaria de Governo no início de dezembro e foi substituído pelo deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) — membro da tropa de choque de Temer.

Depois, na semana passada foi a vez do ministro Ronaldo Nogueira, do Trabalho, deixar o cargo. O posto será ocupado pela deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ).

Ontem, foi a vez de Marcos Pereira deixar o comando do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O substituto ainda não foi definido por Temer.

 

Foto: Walterson Rosa/ Framephoto/ Estadão Conteúdo – 28.11.2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.