Cruzeiro, SP participa da campanha de vacinação contra a febre amarela em 29 de janeiro

A Secretaria Municipal de Saúde vai imunizar, a partir do dia 29 de janeiro, toda a população contra a febre amarela (exceção para casos contraindicados ou que receberam a dose da vacina). Neste momento, o município segue a recomendação do Governo do Estado para que sejam vacinados apenas pessoas que forem viajar para áreas onde houve registros de casos. A imunização, no entanto, deve ser feita com dez dias de antecedência.

A campanha vai priorizar, inicialmente, a população da área rural, onde houve registros da febre amarela silvestre. A medida preventiva tem o objetivo de evitar que as pessoas se contaminem, caso o vírus venha a circular na região. A cidade de Cruzeiro não tem ocorrências da doença. A Administração Municipal informa que todos serão vacinados e que recebe as doses da Secretaria Estadual de Saúde que faz a distribuição na região.

PONTOS DE VACINAÇÃO As doses estão sendo aplicadas no Centro de Saúde, na Rua Joaquim do Prado (Rua 10), no centro, de terça e sexta a partir das 08h até enquanto houve vacina disponibilizada pelo Governo do Estado. A partir do dia 29, a Secretaria de Saúde vai disponibilizar postos de vacinação que ainda que serão definidos.

CONTRAINDICAÇÕES A vacina é contraindicada Reação anafilática grave a ovo, em tratamento de câncer e com imunossupressão (HIV com cd4 alterado), além de crianças menores de 6 meses e mães q que estão amamentando bebês menores que 9 meses.

CASOS PARA ANÁLISE Gestantes (tomar a vacina somente se for para área de risco), imunodeprimidos (HIV só tomar com cd4 adequado), pessoas que usam corticoides em doses elevadas (requer avaliação médica) e idoso com a imunidade comprometida (requer avaliação médica).

DOSE PADRÃO Só deve receber a dose-padrão quem for viajar para o exterior ou locais com casos registrados, gestantes em viagem para áreas de risco, pessoas sob condições clínicas especiais após avaliação médica (HIV com cd4 adequado) e aquelas que concluíram tratamento para câncer devem ter avalição médica.

FEBRE AMARELA É importante saber que existem dois ciclos da doença: a febre amarela silvestre, cujo vetor são os mosquitos Sabethes e Haemagogus que vivem em áreas de mata e se contaminam ao picar um macaco contaminado com o vírus e ao picar o ser humano, que esteve na mata. Febre amarela urbana: transmitida pelo Aedes Aegpyti que transmite a doença ao picar um ser humano contaminado, e depois um ser humano sadio. Entretanto, não haá registros da febre amarela urbana desde 1942.

Fonte/Foto: Depto. Comunicação – Assessoria de Imprensa PMC